Supermodelo Raquel Zimmermann marca presença na SPFW

Em entrevista a Rolling Stone Brasil, a top revelou ser grande admiradora da cantora Lady Gaga

Por Patrícia Colombo Publicado em 13/06/2010, às 13h27

Raquel Zimmermann supermodelo, roqueira e admiradora de Lady Gaga com a camiseta da campanhade vacinação contra a poliomielite

Ver Galeria
(3 imagens)

Toda vez que ela aparece na São Paulo Fashion Week é uma correria. Não, não se trata de Gisele Bündchen - e as reações também não são tão caóticas -, mas em termos de importância no mundo fashion atual, Raquel Zimmermann já deixou sua marca no topo da cadeia, principalmente por ter figurado em campanhas publicitárias das mais importantes grifes internacionais e depois ter sido considerada a modelo número um pelo influente models.com.

Apesar da alma roqueira sustentada nas roupas de couro e na coleção de guitarras que possui, Zimmermann é admiradora de Lady Gaga. No final do mês de maio, ela compareceu a um show da cantora realizado em Londres. Não se conteve e, ao contrário do usual - dos fãs pedirem para tirar foto - deu uma "tietada" em Gaga, posando junto a ela para um registro. No caminho do backstage do desfile da Animale - para a qual desfilaria momentos depois - à sala de imprensa onde uma coletiva aconteceria, a modelo contou à Rolling Stone Brasil que, apesar do amor maior pelo rock, tem por Lady Gaga grande admiração. "Respeito a força de vontade dela", disse. "É supernova e compõe as próprias músicas."

Ninguém melhor do que uma pessoa mergulhada no universo da moda como a própria modelo para dar uma avaliação sobre a postura de Gaga como ícone não só da música atual, mas também fashion, com suas nada discretas vestimentas, cheias de detalhes e ornamentos, onde o básico passa longe. "Acho que com certeza ela é muito inspirada em Madonna, Grace Jones", explicou Zimmermann. Inspiração que, de acordo com ela, não se trata de cópia, mas de elogio. "Ela admira estas pessoas e presta homenagens a elas. É muito como na moda, já que sempre buscamos inspirações em outras coisas. Existe sim essa possibilidade de comparação."

Fã declarada de Patti Smith, mas admiradora de Lady Gaga. Esse ecletismo de Raquel Zimmermann quando o assunto é música também se reflete no seu iPod. "É uma mistura!", antecipa ela. Não se espante se, ao questionar então o que rola no MP3 da loira, ouvir o nome Ravi Shankar. "Ouço bastante ele. Também Rita Lee, Nirvana..." Pois é, a modelo estende seu conhecimento musical do grunge do grupo de Seattle, passando pelo rock nacional de Lee, até o som do lendário músico indiano. Faltou pop nessa lista? Acrescente Madonna, com o álbum Ray of Light. "É o meu disco favorito dela", revela.

Profissão Modelo

Vestindo a camiseta da campanha de vacinação contra a poliomielite, iniciada neste sábado, 12, Raquel Zimmermann concedeu uma entrevista coletiva aos jornalistas presentes no quarto dia da São Paulo Fashion Week. Durante a conversa comentou que seu interesse por moda veio desde pequena e que não pretende, ao futuramente se aposentar dos desfiles, seguir carreira de atriz.

Certamente ela não imaginava que obteria o sucesso conquistado, mas comentou que sua relação com moda começou cedo, ao observar os ofícios de sua mãe, que era costureira. "Acho que eu tinha uns sete anos de idade", disse. "Lembro das pessoas irem em casa para fazer as provas de roupa." Da residência dos pais em Bom Retiro do Sul, município situado no Rio Grande do Sul, para o mundo.

A top não pretende largar as passarelas agora, mas adiantou que quando isso acontecer, ninguém deve esperar para vê-la atuando em alguma novela na televisão brasileira. A carreira de atriz definitivamente não integra os planos de Raquel Zimmermann. "Não quero seguir o mesmo caminho que outras modelos", comentou. "Acho clichê ir da carreira de modelo para a de atriz. Quero fazer algum trabalho na área de criação."