Ray Fisher acusa Warner de mentir em investigação de abuso no set de Liga da Justiça

Ator de Ciborgue, Fisher pediu ao estúdio a mudança do investigador contratado

Redação Publicado em 18/09/2020, às 17h59

None
Ray Fisher como Ciborgue em Liga da Justiça (2017) (Foto: Reprodução)

O ator Ray Fisher pediu à Warner Media um novo investigador no caso de abuso no set de filmagens de Liga da Justiça (2017). O astro acusa a Warner Bros. de mentir na investigação. As informações são do Screenrant

+++LEIA MAIS: Ciborgue da DC, Ray Fisher criticou a Warner sobre Liga da Justiça após convite para The Flash, diz site

Em junho de 2020, Ray Fisher revelou que teria sofrido abusos no set de filmagens de Liga da Justiça, acusando o diretor substituto Joss Whedon de ser verbalmente abusivo durante as filmagens. O cineasta assumiu o posto após a saída de Zack Snyder.

As acusações de Fisher também incluem o comportamento abusivo do ex-diretor da DC Filmes, John Berg, e o ex-diretor de criação da DC, Geoff Johns. Devido às declarações, a Warner estabeleceu uma investigação independente, mas Fisher afirmou no Twitter que o estúdio não foi transparente. Nas publicações, o ator pede para que o investigador terceirizado seja substituído.  

+++LEIA MAIS: Eita! Para ator de Ciborgue, Warner usou volta de Affleck como Batman para despistar acusações de abuso no set de Liga da Justiça; entenda

Na publicação, ele diz: "Devido à proposital falta de transparência (e em alguns casos mentiras flagrantes) por parte da Warner e a empresa terceirizada contratada por eles para investigar a Liga da Justiça - foi feito um pedido oficial de mudança de investigador.

O astro continuou: “Para proteger as testemunhas envolvidas e as informações que possuem, encorajo fortemente todos os que foram contatados pelo atual investigador a recusar respeitosamente a entrevista até que um terceiro verdadeiramente independente seja contratado pela Warner”. 

+++LEIA MAIS: Jason Momoa detona Warner por Liga da Justiça e comportamento abusivo no set de filmagem: ‘Essa m***a tem que parar’


+++ JOÃO GORDO: 'O QUE ESTÁ ACONTECENDO HOJE NO BRASIL É COMPLETAMENTE SURREAL' | ROLLING STONE