Ray Fisher cobra resposta de Joss Whedon e Warner sobre acusações: 'Sabem que digo a verdade'

Ator foi o primeiro a relatar comportamento nocivo de Whedon na internet

Redação Publicado em 29/04/2021, às 09h00 - Atualizado às 09h10

None
Ray Fisher como Cyborg em Liga da Justiça (Foto: Reprodução)

Ray Fisher, intérprete do Ciborgue em Liga da Justiça, usou as redes sociais para cobrar resposta de Joss Whedon e Warner Bros. sobre acusações de comportamento nocivo. A informação é do NME.

"Há apenas um motivo para não ter sido processado por Joss Whedon, Toby Emmerich, Geoff Johns, Jon Berg ou Walter Hamada: sabem que digo a verdade," escreveu Fisher no Twitter.

+++LEIA MAIS: The Flash: Ray Fisher confirma que foi retirado da produção pela Warner Bros.

Após Zack Snyder sair da direção de Liga da Justiça (2017), a Warner escolheu Joss Whedon para substituir o cineasta. No entanto, os atores envolvidos na produção não tiveram uma boa experiência. Fisher foi o primeiro nome a acusar Whedon de comportamento "nojento" e "abusivo" no set.

Charisma Carpenter, atriz de Buffy, a Caça-Vampiros, também acusou Whedon, quem criou a série, de comportamento abusivo no set. Depois disso, diversas estrelas do seriado apoiaram a artista, como Sarah Michelle Gellar, Eliza Dushku, Amber Benson, Michelle Trachtenberg e James Marsters.

+++LEIA MAIS: Deborah Snyder, produtora de Liga da Justiça, reportou comportamento de Joss Whedon à Warner

"Por quase duas décadas, segurei minha língua e até mesmo dei desculpas para certos eventos responsáveis por me traumatizarem até hoje," escreveu Carpenter nas redes sociais. "Joss Whedon abusou do poder em várias ocasiões enquanto trabalhávamos juntos nos sets de Buffy."


+++ FBC E VHOOR | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL