David Carr, referência no jornalismo cultural, morre aos 58 anos

O profissional do The New York Times esteve no Brasil em 2014 para participar da Flip

Redação Publicado em 13/02/2015, às 12h14 - Atualizado às 12h41

Jornalista do The New York Times faleceu aos 58 anos
AP

Morreu nesta quinta-feira, 12, o jornalista norte-americano David Carr. Aos 58 anos, ele foi encontrado na redação do veículo em que trabalhava, o jornal The New York Times, após sofrer um mal súbito, Carr chegou a ser levado ao hospital, mas não sobreviveu.

Morre a artista plástica Tomie Ohtake aos 101 anos.

Horas antes, ele havia intermediado um debate entre Edward Snowden, o analista de sistemas da CIA que chocou o mundo ao esmiuçar detalhes sobre a rede de espionagem virtual do governo dos Estados Unidos, e Glenn Greenwald, jornalista inglês que reside no Rio de Janeiro e divulgou pelo The Guardian as informações de Snowden.

Crítico cultural e referência em cobertura sobre a mídia, Carr superou um vício em crack e cocaína na década de 1980 para se firmar como um dos grandes jornalistas de sua época.

Morre Joe B. Mauldin, baixista do The Crickets

.

Ele esteve em 2014 no Brasil para a Flip, a Festa Literária Internacional de Paraty, quando comentou o drama pessoal dele, retratado no livro A Noite da Arma.