Regina Duarte diz 'sim' para Bolsonaro e torna-se a quarta secretária de cultura da gestão

A atriz da Globo foi convidada para o cargo na semana anterior - e aceitou na quarta, 29

Redação Publicado em 29/01/2020, às 18h43

None
Presidente Jair Bolsonaro e Regina Duarte (Foto: Reprodução / Twitter)

Regina Duarte concordou nesta quarta, 29, em assumir as rédeas da Secretaria Geral de Cultura, a convite do presidente Jair Bolsonaro. Os dois chegaram ao acordo em reunião do Palácio do Planalto. As informações são do Estadão.

Duarte assume o posto de Roberto Alvim Alvim, demitido na última semana por publicar vídeo com discurso nazista. Com a troca, a atriz torna-se a quarta secretária de cultura do governo Bolsonaro.

+++ LEIA MAIS: Os Beatles foram invenção socialista para fazer garotas abortarem, diz novo presidente da Funarte

Bolsonaro deixou claro que Duarte terá poder para fazer as mudanças que desejar. “Ela tem a oportunidade de mostrar, realmente, como é fazer cultura no Brasil. Tem experiência em tudo que vai fazer. Precisa de gente com gestão ao seu lado, tem cargo para isso, vai poder trocar quem ela quiser lá sem problema nenhum. Então, tem tudo para dar certo a Regina Duarte.”

Depois das declarações, Regina Duarte foi à sede da Secretaria Geral da Presidência para receber orientações e entender o processo para assumir efetivamente o cargo.

 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL