Regina Spektor no SWU

Cantora fez seu aguardado primeiro show no Brasil durante o festival; veja um trecho da apresentação

Da redação Publicado em 11/10/2010, às 11h07

Regina Spektor em seu primeiro show no Brasil, no festival SWU

Ver Galeria
(2 imagens)

O bastante esperado primeiro show de Regina Spektor no Brasil aconteceu neste domingo, 10, no SWU. A cantora nascida na Rússia subiu ao palco com sua indefectível simpatia, além do tradicional batom vermelho. Foi direto sentar no banquinho em frente ao seu piano de cauda preto, onde passou a maior parte da noite tocando seu anti-folk. Ela foi recebida ao som de várias declarações de "Eu te amo" da plateia, que algumas vezes também pediu a ela "Casa comigo?" ao longo do espetáculo.

O show começou ao som de "The Calculation" e seguiu com "Eet" e "Folding Chairs", que animou o público e foi acompanhada com palmas. Ao final de cada execução, a educada artista agradecia os aplausos, ora no bem ensaiado e tradicional "obrigado", ora em inglês mesmo.

A cantora falou pouco com a plateia, mas agradeceu a presença de todos e brincou que gostaria de voltar quando fizesse calor. Pelo visto, não está mais acostumada com o clima de sua terra natal.

A apresentação seguiu com "Machine" e a melancólica "Laughing With", que ganhou um discreto coro. Foi mais tarde, ao som de "Après Moi", que os fãs da cantora soltaram a voz para acompanhá-la - mas só até o momento em que cantou em russo. O show foi progredindo aos poucos, faixas mais animadas e dançantes foram aparecendo no setlist mais para o fim. Em "On the Radio", até ela dançou, como pôde, enquanto tocava. Talvez para ajudar a espantar o frio e o vento gelado que desde o final da tarde se instalaram com intensidade na Arena Maeda, em Itu, interior de São Paulo, onde acontece o SWU.

Regina reclamou diversas vezes do áudio ao longo da noite, gesticulava para abaixar o volume do retorno e aumentar o microfone, mas não deixou que isso abalasse a performance, durante a qual tocou ainda outros instrumentos (dentre eles uma cadeira em que ela ficou batucando, com uma baqueta, durante a execução de "Poor Little Rich Boy").

Em um espetáculo crescente, o ponto alto foi o final, quando ela interpretou um de seus maiores sucessos, "Fidelity", acompanhada de um grande coro que foi esforçado, mas não conseguiu acertar o jeito como ela canta "and it breaks my hea-a-a-art".

Assista ao vídeo com um trecho da apresentação: