Pulse

Novo O Rei Leão ultrapassa Frozen como a animação com a maior bilheteria da história

Trabalho também superou 'A Bela e a Fera' e tem o maior faturamento da leva de produções do estúdio

Redação Publicado em 12/08/2019, às 12h06

None
Simba e Mufasa no trailer de O Rei Leão (Foto: Reprodução)

O novo O Rei Leão, que estreou em julho de 2019 e remake do clássico de 1994, ultrapassou Frozen - Uma Aventura Congelante (de 2013) e se tornou o longa-metragem animado com a maior bilheteria da história do cinema, com mais US$ 1,3 bilhão faturados ao redor do mundo.

O remake também superou a bilheteria de A Bela e a Fera (de 2017) e se tornou o “live-action”  - entre aspas, mesmo, afinal ainda se trata de uma animação, mesmo que mais realista - da Disney com a maior renda dessa safra de filmes com atores em carne e osso.  

Apesar da discussão sobre o filme não ser de fato um live-action, O Rei Leão já superou todas as outras releituras recentes do estúdio.

Veja abaixo o top 5 das bilheterias dos remakes:

O Rei Leão (2019) - US$ 1,334 bilhão
A Bela e a Fera (2017) - US$ 1,263 bilhão
Aladdin (2019) - US$ 1,035 bilhão
Alice no País das Maravilhas (2010) - US$ 1,025 bilhão
Mogli: O Menino Lobo (2016) - US$ 966 milhões

Vale lembrar que os números, apesar de recentes, não consideram a variação da inflação no período, o que pode afetar a ordem do ranking.

Dirigida por Jon Favreau, a nova versão de O Rei Leão conta com grandes estrelas no elenco, como Donald Glover (Childish Gambino), Beyoncé, Chiwetel Ejiofor e Seth Rogen.

+++LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019