Relatório sobre a morte de Amy Winehouse pode ter sido enviado para destinatário errado

Arquivo que relata as circunstâncias da morte da cantora, em julho, não chegou à família de Amy

Matthew Perpetua Publicado em 24/10/2011, às 12h31 - Atualizado às 13h16

Amy Winehouse: exame mostra que ela não usou drogas ilegais no dia da morte
Foto: AP

Um relatório sobre a morte de Amy Winehouse pode ter sido enviado para o endereço errado, segundo a Scotland Yard. O arquivo, que relata as circunstâncias da morte da cantora em julho, foi enviado para a família de Amy, mas eles ainda não o receberam.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“A polícia foi informada que o material relativo a um inquérito recente pode ter sido entregue em um endereço incorreto”, diz um porta-voz da Scotland Yard. “Consultas estão sendo feitas para estabelecer as circunstâncias do acontecimento”. Um inquérito formal sobre a morte da cantora será realizado esta semana.