Relembre entrevista rara de Paul e Linda McCartney após turnê dos Wings: 'É preciso seguir em frente'

O primeiro show da banda na Europa foi em uma área rural da França

Redação Publicado em 10/07/2020, às 16h41

None
Paul e Linda McCartney (Foto: AP Images)

Em entrevista de 1972, Paul e Linda McCartney falaram sobre a primeira turnê dos Wings na Europa. O primeiro show da banda, como relembra o Far Out Magazine, foi em uma área rural da França, na cidade de Ollioules.

O local escolhido para a apresentação foi Centre Culturel de Châteauvallon. Paul comentou sobre o lugar: "Queríamos começar em um lugar muito pequeno para tocar, você vê, então esse é um lugar fora do caminho, mas ainda assim obtém uma audiência bastante razoável”.

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney diz ter chorado por um ano quando Linda morreu

Linda McCartney também revelou como estava nervosa na primeira parte do set, mas depois se sentiu mais confortável. “No segundo tempo, eu me diverti muito! Eu estava nervosa no primeiro semestre, definitivamente. Não tínhamos checado o som, ensaio, nada, tivemos que entrar frios, sabe? Então eu tive que me aquecer um pouco, mas estávamos muito agitados no segundo tempo”.

Questionada sobre trabalhar ao lado do marido, Linda enfatizou: "Acho muito fácil, totalmente, você sabe. É divertido, é como a vida que você conhece. É apenas outra coisa na vida".

+++ LEIA MAIS: Os 78 anos de Paul McCartney, pelas lentes de Linda McCartney

Acostumado com as multidões dos Beatles, o artista revelou o motivo da decisão em tocar em lugares menores: “É uma banda muito nova, você sabe, e se você toca na Grã-Bretanha ou na América com uma banda muito nova, você está realmente no local, você deve estar em brasa e leva tempo para uma banda ficar assim."

Também perguntaram a Paul se ele tinha saudades dos tempos dos Beatles e ele respondeu: “Claro, eu tenho sentimentos pelos meus dias de escola, gosto de muitas coisas como a escola e os dias dos Beatles, mas isso não me incomoda, acabou. Você precisa seguir em frente na vida, precisa seguir em frente”.

+++ LEIA MAIS: Yoko Ono, Linda McCartney e mais: 6 musas que inspiraram grandes astros do rock

Na conversa, Paul também falou sobre a reação da mídia ao projeto solo dele: "Não deu muito certo, ainda estou vivo e indo. Você não pode passar por toda a sua vida e ficar tudo bem o tempo todo, você tem que ter seus altos e baixos, esse foi um dos baixos, mas eu não pretendo ficar embaixo”.

Ouça o áudio da entrevista:


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO