Relembre a trajetória de James Brown, maior ícone do funk e soul [FLASHBACK]

Compositor de 'I Feel Good' é considerado um dos artistas mais influentes de todos os tempos

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 03/05/2021, às 18h29

None
James Brown (Foto: Getty Images)

O cantor, compositor, dançarino e produtor musical James Brown é considerado um dos artistas mais influentes de todos os tempos e, em vida, vendeu mais de 100 milhões de discos. O compositor de “I Feel Good”, também conhecido como pai do soul, nasceu há 88 anos, no dia 3 de maio, na Carolina do Norte, EUA. 

James Brown não teve uma infância fácil. Foi abandonado pela mãe aos dois anos e, aos seis, começou a viver na casa da tia, dona de um prostíbulo na Geórgia, EUA. Lá, vivia sem cuidados da família, e se virava por conta própria. Para sobreviver, engraxava sapatos, vendia selos, lavava pratos e cantava em concursos de talentos. Além disso, aprendeu a tocar flauta, guitarra, piano e bateria. 

+++ LEIA MAIS: Michael Jackson revelou grande influência de James Brown em entrevista de 1993; entenda

Contudo, aos 16 anos, Brown entrou para o mundo do crime. Condenado por assalto à mão armada, teve prisão decretada e ficou detido por três anos. Foi solto com a ajuda de Bobby Byrd, quem conheceu durante o período na escola reformatória e se tornaria um grande amigo. 

Quando conseguiu a liberdade, Brown se dedicou totalmente ao que seria seu grande talento: a música. Foi acolhido pela família de Bobby Byrd em 1953, e, no mesmo ano, entrou para o grupo gospel Starlighters, posteriormente chamado de Famous Flames.

+++ LEIA MAIS: Em qual música o Led Zeppelin homenageou a sonoridade e o legado de James Brown?

Após dois anos, James Brown gravou um dos maiores sucessos, “Please, Please, Please,” música a qual alcançou a sexta posição nas paradas de R&B e vendeu mais de um milhão de cópias. Os primeiros sucessos marcantes do músico eram canções do gênero gospel e blues. 

James Brown conseguiu gravar Try me (1959), o primeiro disco solo, rapidamente. Após isso, o músico lançou grandes sucessos, como a memorável música “I Feel Good” de 1965, vencedora de um Grammy em 1965. Com tamanha fama, a própria banda trocou de nome, e passou a se chamar James Brown and The Famous Flames

+++ LEIA MAIS: James Brown teria demitido Kanye West 12 vezes, diz ícone do soul Bettye LaVette

O grupo não atingiu sucesso mundial até Live at the Apollo (1963), disco responsável pelos primórdios do funk na indústria musical. Brown continuou trabalhando no ritmo, e foi com “Cold Sweat” que o cantor atingiu a primeira posição nas paradas R&B, além da canção ser considerada a primeira música funk. 

James Brown fez sucesso com as músicas e apresentações ao vivo até a década de 1980, porém nunca deixou de ter problemas com a justiça. O cantor foi preso duas vezes em 1988, uma por excesso de velocidade e consumo de drogas, e outra por uso de arma de fogo. No entanto, após ser solto, continuou a lançar discos e fazer shows. 

+++ LEIA MAIS: Investigações revelam que James Brown pode ter sido assassinado

O cantor não teve mais nenhuma aparição pública após o festival Foggfest em São Francisco, EUA, em agosto de 2006. No mesmo ano, em 25 de dezembro, James Brown morreu aos 73 anos devido a complicações de uma pneumonia. No entanto, a hipótese de assassinato foi levantada em uma reportagem da CNN em 2019. A matéria revelou como até mesmo o médico responsável pelo documento de óbito suspeitou do crime, mas nada foi confirmado. 

Mesmo com um histórico na justiça, James Brown mudou a cena musical e será conhecido eternamente como o rei do funk, além de ser uma das maiores estrelas do showbiz. Foi uma figura essencial para o soul e blues, e chegou a influenciar outros ritmos e grandes artistas, como Michael Jackson

+++ LEIA MAIS: Mulher garante que James Brown foi assassinado e polícia pode abrir nova investigação

+++ KONAI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL


+++ SAIBA MAIS: Tudo o que você precisa saber sobre novo disco da Billie Eilish, Happier Than Ever

Na última terça, 27, Billie Eilish anunciou oficialmente o segundo disco da carreira, intitulado Happier Than Ever. A estrela pop divulgou detalhes sobre o projeto nas redes sociais, desde a data de lançamento até a tracklist.

"Esta é a minha coisa favorita que já criei, e estou tão animada e nervosa e ansiosa para que vocês escutem isso. Eu nem posso te dizer. Nunca senti tanto amor por um projeto quanto por este. Espero que você sinta o que eu sinto," escreveu Eilish em uma postagem do Instagram.

+++ LEIA MAIS: 6 shows incríveis de artistas pop para assistir na íntegra: Billie Eilish, Dua Lipa e mais

Para você não perder nenhum detalhe sobre Happier Than Ever, listamos tudo o que sabemos sobre o próximo disco de Billie Eilish. Confira:


Teaser

Antes de divulgar a capa oficial do disco, Eilish compartilhou um teaser nas redes sociais. No clipe, a artista aparece sentada em uma grande poltrona, em um cenário claro e monocromático, ao som de um trecho de música, no qual cita o nome do álbum.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por BILLIE EILISH (@billieeilish)

 

+++ LEIA MAIS: Dave Grohl compara Billie Eilish ao Nirvana e a cantora responde


Capa

Ao contrário do disco de estreia, Happier Than Ever não traz uma capa sombria e misteriosa, mas iluminada e até mesmo delicada. Em um fundo bege, Eilish aparece no centro da foto com cabelos loiríssimos e o característico olhar melancólico dela.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por BILLIE EILISH (@billieeilish)

 


Tracklist

Em um story do Instagram, Eilish revelou que o segundo disco da carreira contará com 16 faixas no total, entre elas, os singles "My Future" e "Therefore I Am", divulgados em 2020. Confira a lista completa de músicas de Happier Than Ever:

+++LEIA MAIS: Por que Billie Eilish fez vídeo tirando a blusa em show?

1. "Getting Older"

2. "I Didn’t Change My Number"

3. "Billie Bossa Nova"

4. "My Future"

5. "Oxytocin"

6. "Goldwing"

7. "Lost Cause"

8. "Halley’s Comet"

9. "Not My Responsibility"

10. "OverHeated"

11. "Everybody Dies"

12. "Your Power"

13. "NDA"

14. "Therefore I Am"

15. "Happier Than Ever"

16. "Male Fantasy"


Produção

Eilish compôs todas as canções de Happier Than Ever sem colaboração de compositores ou produtores externos, como fez no vencedor do Grammy When We All Fall Asleep, Where Do We Go?. O segundo disco também seguiu a tradição de ser produzido pelo irmão da artista, Finneas, em Los Angeles.


Single

Além do álbum, Eilish anunciou o lançamento de um single na próxima quinta, 29. Sem revelar o nome da música, a cantora revelou que a faixa vai estar disponível a partir das 13 horas, no horário de Brasília.

+++LEIA MAIS: Billie Eilish é 'uma artista incrível,' diz Ringo Starr


Data de lançamento

A data de lançamento de Happier Than Ever também foi divulgada. Os fãs da artista podem fazer o pré-save e pré-venda da obra, que chegará para todos os ouvintes no dia 30 de julho de 2021.