Resultado da autópsia do corpo de Paul Walker confirma que ele foi vítima de lesões traumáticas e queimaduras

A combinação das duas coisas matou o ator, enquanto o motorista do veículo, Roger Rodas, morreu logo após o impacto

Redação Publicado em 04/12/2013, às 17h43 - Atualizado às 18h26

Paul Walker
Joel Ryan/AP

O site TMZ teve acesso ao resultado da autópsia do ator Paul Walker, emitida pelo escritório legista de Los Angeles, que confirma que ele foi vítima de "lesões traumáticas e térmicas", ou seja, não morreu logo após o impacto do Porche Carrera GT no último sábado, 30.

Paul Walker: melhores momentos do ator, dentro e fora de Velozes e Furiosos.

Já Roger Rodas, amigo de Walker que dirigia o veículo, sofreu traumas múltiplos com o impacto e morreu na hora.

Paul Walker: relembre a vida e a carreira do ator em fotos.

Um exame toxicológico também foi realizado nos corpos, mas os resultados estarão disponíveis somente aqui um mês e meio ou dois. As duas mortes foram determinadas como acidentais. O exame de arcada dentária de ambos foi realizado e confirmou a identidade dos dois.