Retiro espiritual frequentado pelos Beatles se transforma em atração turística na Índia

Santuário está localizado na província de Rishikesh

Redação Publicado em 09/12/2015, às 12h30 - Atualizado às 17h24

George Harrison e Ringo Starr caminham na floresta de Rishikesh, na Índia
AP

Após uma reforma, o local que abriga um retiro espiritual visitado pelos Beatles em 1968 foi reaberto como atração turística. O santuário está localizado em uma floresta no norte da Índia.

Veja as 10 melhores trocas de instrumentos dos Beatles.

O grupo esteve no local entre os meses de março e abril com a intenção de escrever canções durante o período. A estadia dos Beatles em Rishikesh foi proveitosa, os artistas compuseram 48 músicas, que seriam utilizadas no mítico Álbum Branco.

Mais de 45 anos depois, entenda os mistérios por trás da capa de Abbey Road.

Apesar do bom saldo criativo, os integrantes abandonaram o retiro após o guru Maharishi Mahesh Yogi ser acusado de ter feito investidas sexuais contra a vontade da atriz Mia Farrow, convidadas dos Beatles.

A floresta se tornou local de peregrinação de fãs do quarteto de Liverpool, porém, foi noticiado recentemente pela NME que o santuário estava abandonado. Agora, a publicação afirma que relatórios mostram que uma equipe de limpeza deixou a floresta novamente apta a receber visitantes.

Rajendra Nautiyal, responsável por cuidar das florestas da região, falou à BBC: “Nós limpamos o local e realinhamos os caminhos com flores. Estamos fazendo jardins e colocando bancos para visitantes (...). Planejamos também instalar um café e uma loja de souvenir. Mas pretendemos manter o aspecto rústico do local”.

A floresta foi reaberta ao público na última terça, 8. Segundo a NME, as entradas custam cerca de £7.