Reynaldo Gianecchini diz que não se 'encaixa' em definições de sexualidade: 'Me considero tudo ao mesmo tempo'

Ator também falou sobre a reprise de A Dona do Pedaço nos EUA

Redação Publicado em 02/09/2020, às 07h58

None
Reynaldo Gianecchini (Foto: Reprodução/Globo)

Em recente entrevista à EFE, o ator Reynaldo Gianecchini disse que não se 'encaixa' em definições de sexualidade. "Nunca quis levantar nenhuma bandeira. Acredito na liberdade de ser o que cada um quiser ser. Todo mundo tem muitos lados dentro de si mesmo e que a sexualidade reflete muito isso", afirmou. A informação é do Uol.

O artista continuou: "Não tenho medo de olhar além. Eu não me encaixo em nenhuma definição". Além disso, Gianecchini comentou sobre rotularem ele como um homem homossexual, "mas não me considero assim".

Ele também falou sobre qual seria a orientação sexual: "Eu me considero tudo ao mesmo tempo. Se existir uma palavra para mim, então é 'pan' [pansexual], porque 'pan' é tudo'".

+++LEIA MAIS: Carlinhos Brown chama atenção para educação ambiental em disco infantil: "Desejo que as canções tragam a nossa responsabilidade com a Terra" [ENTREVISTA]

Reynaldo Gianecchini diz acreditar ter um papel social, porque ele, como artista, fala abertamente sobre a própria sexualidade desde 2019. "Acho que o papel do artista também é de se comunicar de uma forma que possa ajudar a sociedade", explicou.

Atualmente, o ator de 47 anos vê uma grande mudança na sociedade em relação a preconceitos: "Um momento para que as pessoas não sejam mais julgadas ou discriminadas, que não sejam afastadas porque são diferentes da maioria. Se tenho alguma luta, é pela liberdade", afirmou.

+++LEIA MAIS: Will Smith fica desconfortável com filha adolescente, Willow, contando TUDO para ele: 'Você precisa mentir'

Além de falar sobre a sexualidade, Gianecchini falou da carreira dele, principalmente do começo, quando trabalhou como Edu em Laços de Família. "Às vezes, gostaria de poder voltar a interpretar o Edu, com toda a experiência como ator que tenho agora. Algumas cenas ficaram horríveis", revelou.

Por outro lado, o ator ficou bem satisfeito com o trabalho dele como o vilão Régis em A Dona do Pedaço, que é reprisada nos Estados Unidos pelo canal de língua espanhola Univision - o nome da produção foi traduzido como Dulce Ambición.

"Meu personagem muda muito. Ele começa querendo se aproveitar de uma mulher que é maravilhosa, encantadora e que inspira muita gente", explicou. "Então ele começa a se inspirar também, e a grande pergunta é se vai conseguir dar o golpe".

+++LEIA MAIS: Slipknot libera Disasterpieces, show icônico de 2002, para comemorar 19 anos de Iowa

Gianecchini também falou sobre críticas à duração de novelas: "Tem gente que diz que esse tipo de novela vai acabar, por ser algo muito longo. Sim, é uma loucura continuar fazendo novelas enquanto as séries de hoje são curtas e dão a oportunidade de cuidar mais dos detalhes".

Porém, para o ator, esse fator não prejudica as produções, porque "pessoas no Brasil e na América Latina têm a cultura de novela, estão acostumadas com esse estilo".


+++ DESAFIO! FREJAT ESCOLHE OS MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO