Rick and Morty: 7 curiosidades sobre a adorada (e odiada) animação politicamente incorreta

Um show de sci-fi que lida com dimensões paralelas e picles antropomórficos certamente está repleto de fatos interessantes por trás das câmeras

Redação Publicado em 01/04/2020, às 15h42

None
Rick and Morty (Foto: Divulgação)

Com o sucesso de Rick e Morty, os co-criadores Justin Roiland e Dan Harmon mostraram que podem ser tanto patetas quanto profundamente perturbadores.

Mas, bem, como você pode imaginar, um show de sci-fi que lida com dimensões paralelas, picles antropomórficos e pessoas com rabo de cavalo certamente está repleto de fatos e curiosidades por trás das câmeras.

+++LEIA MAIS: E se Hora de Aventura tomasse LSD? O resultado seria o novo desenho da Netflix: The Midnight Gospel; assista

Além de ser um dos desenhos adultos mais assistidos do mundo, o canal Adult Swim, responsável pela série, anunciou que Rick and Morty já tem data para voltar às telinhas: dia 3 de maio. 

Enquanto esperamos ansiosamente pelos novos episódios da quarta temporada, que serão disponibilizados na Netflix, confira, abaixo, 7 curiosidades sobre os bastidores da adorada (e odiada) animação politicamente incorreta (via ScreenRant):


7. O desenho tem uma origem satírica peculiar (e grosseira!)

Muitos reconhecem que Rick and Morty se inspira em De Volta para o Futuro descaradamente. Mas a verdade é que o desenho nasceu de uma paródia ainda mais descarada, The Real Adventures of Doc and Mharti (“As Verdadeiras Aventuras de Doc e Mharti”, em português).

Após a conclusão da curta paródia de Justin Roiland sobre a vida de Bill CosbyHouse of Cosbys, os representantes do ex-ator e comediante norte-americano enviaram uma carta de cessação e desistência ao criador do programa, obrigando-o a tentar outra coisa.

O resultado foi uma versão animada de Back to the Future, na qual Doc. Smith pede a Mharti que lhe faça sexo oral para resolver seus problemas. Quem diria que um conceito tão jovem e grosseiro se transformaria na tão conhecida história de Rick e Morty?

+++LEIA MAIS: Remake de De Volta para o Futuro com Tom Holland e Robert Downey Jr vai acontecer? Astro de Homem-Aranha responde


6. Outros desenhos inspiraram Rick and Morty

Fora do aceno a De Volta para o Futuro, Harmon afirmou que grande parte das ideias por trás de Rick and Morty derivam de “histórias britânicas”, que contrastam com as histórias mais tradicionais da TV norte-americana.

Especificamente, Harmon descreve o desenho animado como uma mistura de "Os Simpsons e Futurama" - com foco na vida familiar e na ciência. Enquanto isso, Doctor Who e O Guia do Mochileiro das Galáxias foram as principais influências cômicas e temáticas.

+++LEIA MAIS: Os Simpsons ‘previu’ coronavírus - e até que Tom Hanks ia ficar de quarentena


5. Há uma breve aparição de Justin Roiland, o co-criador do programa

A “quarta parede” de Rick and Morty é quebrada quando um dos criadores do programa, Justin Roiland, aparece brevemente no reino dos desenhos animados durante o episódio "Get Schwifty" (“Fica Tranquileba”, em português).

Na cena, o diretor Vagina amarra os “pecadores” em balões para sacrificá-los aos céus. Roiland é o homem de óculos com uma placa pendurada sobre ele, classificando-o como “ladrão”.


4. Um episódio sobre Squanchy quase foi produzido

Na sessão comentada do DVD de Rick and Morty, os protagonistas detalharam a história por trás de Squanchy, uma criatura antropomórfica que aumenta de tamanho ao consumir um líquido verde desconhecido.

Descobrimos, então, que os roteiristas queriam desenvolver a história do felino - e, aparentemente, o episódio foi conceitualizado, mas descartado pela equipe. Em vez disso, restos da premissa foram utilizados para a cena inicial do episódio "The Wedding Squanchers"


3. O primeiro episódio foi vendido e escrito em apenas um dia

Apesar dos longos intervalos entre um episódio e outro de Rick and Morty nos dias de hoje, o primeiro episódio da série foi vendido e escrito em 24 horas.

Roiland afirma que ele e Harmon estavam sentados no chão do escritório (sem mobilia) de Community após a demissão de Harmon do show. Durante esse período, Roiland lhe disse que ele poderia levar três meses para escrever um piloto caso eles fossem embora: “ou podemos ficar aqui e escrevê-lo em seis horas.”


2. A música tema de Rick and Morty tem origem canina

A música tema de Rick and Morty parece ter sido feita sob medida para a série, trazendo uma atmosfera espacial marcante e peculiar. No entanto, ela foi reciclada de um projeto anterior de Justin Roiland, um desenho chamado Dog World.

O projeto foi enviado inicialmente para o Cartoon Network, mas nunca foi concluído. Você pode perceber que, no segundo episódio de Rick and Morty, "Lawnmower Dog", Rick troca o nome de “Snuffles”, o cachorro de Morty, e o chama de “Ruffles”, como referência ao animal de Dog World - que nunca saiu do papel.

+++LEIA MAIS: Solar Opposites é o novo desenho do cocriador de Rick and Morty, que parece até demais com Rick and Morty; assista


1. A performance de Roiland foi induzida por… Cerveja?

A voz por trás de Rick é no mínimo autêntica, especialmente com os arrotos cômicos e esporádicos que ele solta no meio da frase. Isso acontece porque Roiland teve a brilhante ideia de beber cerveja durante as sessões de gravação, interpretando, assim, um personagem propenso a divagações divertidas.

+++LEIA MAIS: Rick and Morty viajam para o Japão feudal em anime sangrento; assista

 


Assista ao novo trailer de Rick and Morty abaixo:

 


+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?