Personagem de Rick and Morty defende final de Game of Thrones na 4ª temporada

O felino, que de alguma forma aprendeu a falar, afirma que os protagonistas deviam "apenas se divertir" e não "pensar demais sobre isso"

Redação Publicado em 10/12/2019, às 12h30

None
Rick and Morty (Foto:Reprodução/Adult Swim)

O final de Game of Thrones foi, com certeza, um dos assuntos mais comentados em 2019 entre os amantes de séries. E era óbvio que o tema não ia deixar de ser mencionado de alguma forma nos novos episódios de Rick and Morty.

Em "Claw and Hoarder: Special Ricktim's Morty" (brincadeira direto com o nome do programa Law and Order: Special Victim's Unit), a dupla de protagonistas viaja para um mundo medieval inspirado no do sucesso da HBO, cheio de magia, dragões e outras criaturas místicas.

+++Leia mais: Rick and Morty critica machistas do mundo nerd durante novo episódio

No meio da insanidade típica de um episódio do desenho, Rick e Jerry (pai do Morty), se preparam para escanear a mente de um gato especial, para descobrir como ele aprendeu a falar. Nesse momento decisivo, o felino fala aquilo que provavelmente os produtores de Game of Thrones gostariam de falar em um megafone: "vocês não deviam pensar demais sobre isso". E completa que eles deveriam "apenas se divertir".

Por causa de todo o cenário e inspiração evidente no episódio (além das incontáveis referências à série, como orgias e até incesto), é impossível não assimilar a fala ao desfecho de GoT. Ainda mais quando Jerry se mostra insatisfeito com o que o animal disse, e recebe de volta um "Exatamente! Nenhuma resposta seria satisfatória".

No auge de todas as reclamações apontadas ao fim do programa, Justin Roiland e Dan Harmon, criadores de Rick and Morty, já haviam defendido os produtores da série.

+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'