Rihanna conhece desafios da educação de Malawi em minidocumentário

Vídeo integra projeto que busca arrecadar US$ 3,1 bilhões para investimento em países subdesenvolvidos

Rolling Stone EUA Publicado em 07/06/2017, às 12h07 - Atualizado às 13h33

Rihanna em cena do mini-documentário que mostra a viagem dela a Malawi, na África
Reprodução/Vídeo

A plataforma de ação social Global Citizen publicou nesta quarta, 7, um minidocumentário que mostra a viagem de Rihanna a Malawi. A cantora visitou o país africano para aprender e vivenciar os inúmeros desafios encontrados no sistema educacional da nação. O vídeo integra um projeto realizado pela plataforma em parceria com a Clara Lionel Foundation e com a Global Partnership for Education, das quais Rihanna é fundadora e embaixadora, respectivamente.

O foco das filmagens é a visita que a cantora faz a escola primária Muzu. As imagens englobam uma visão detalhada de como problemas na educação, pobreza, fome e direitos das mulheres estão inseridos em Malawi, principalmente nas áreas rurais do país.

Como enfatizado pelo documentário, normalmente, uma única professora é responsável por até 100 estudantes, muitos dos quais não têm acesso a comida, nem em casa nem na escola. Além disso, materiais escolares são escassos e há dificuldade também na construção de instituições educativas. Essa infraestrutura precária faz com que meninas tenham que percorrer diariamente 26 km para ir e voltar do colégio, uma caminhada que, além de longa, pode ser perigosa.

Apesar do tema problemático, o vídeo também traz momentos de esperança, que incluem falas de um estudante que repete diversas vezes que Muzu “é uma escola linda.” Em uma outra cena, uma menina se levanta na sala de aula para se posicionar contra os casamentos arranjados no país, argumentando sobre a epidemia de HIV e AIDS na África. “Se você puder escolher seu parceiro, é mais fácil de convencê-lo a fazer um teste, e assim, podemos prevenir o aumento de casos de HIV e AIDS neste país.”

Rihanna também aparece muito envolvida com as crianças e adolescentes. No vídeo, ela ajuda um estudante a resolver um problema de matemática, comemora a vitória de um time feminino de rugby e discute sobre a maneira única que os estudantes aprendem em Muzu. “Eu amo que eles usam a melodia para aprender”, diz. “Essa é a minha coisa favorita. É brilhante poder usar isso como uma ferramenta de aprendizagem.”

Julia Gillard, ex-primeira ministra australiana e presidente do conselho da Global Partnership for Education, e Hugh Evans, CEO da Global Citizen, se juntaram à cantora na viagem. Rihanna convida os fãs ao redor do mundo para ajudarem o projeto com doações. O objetivo é arrecadar US$ 3,1 bilhões para serem investidos em educação de qualidade para mais de 870 milhões de crianças em 89 países, entre 2018 e 2020.

Veja abaixo o minidocumentário na íntegra.