Rihanna e David LaChapelle entram em acordo

Eles resolveram a questão judicial quanto clipe de “S&M”

Colleen Nika Publicado em 20/10/2011, às 08h59

No mesmo dia em que lançou o provocativo clipe de “We Found Love”, na última quarta, 19, Rihanna teria resolvido a questão judicial com o fotógrafo de moda David LaChapelle por causa do clipe de "S&M". A informação é do site da BBC. LaChapelle afirmava que o polêmico clipe da cantora de Barbados era bastante parecido em termos de tema e estilo com oito de seus ensaios fotográficos. A combinação de suas poses bastante sensuais, a iluminação cheia de contrastes e o uso de objetos de cena picantes, ele alegou, “derivam diretamente” do trabalho dele realizado para a Vogue Itália, incluindo o editorial de 1995 "Striped Farce" e o ensaio de 2002 "Latex". Este ano, ele processou a cantora e o selo a que ela pertence, o Def Jam, pedindo US$ 1 milhão em danos. Agora, Jaret Keller, agente de LaChapelle, confirma que uma solução foi encontrada pelas partes fora do tribunal e que o fotógrafo está "feliz com o acordo".

LaChapelle ganhou notoriedade como um visionário do pop, um fotógrafo que clica seus modelos em situações extremamente estéticas, frequentemente em circunstâncias surreais e de tom abertamente sensual. Além de seu catálogo de editoriais de moda, LaChapelle trabalhou com muitas cantoras, incluindo Lady Gaga, Madonna, Gwen Stefani, Courtney Love – e Rihanna. "Eu gosto da RiRi," LaChapelle disse quando ele entrou com o processo. "Isso não é pessoal, é algo somente relacionado aos negócios. É comum que músicos paguem para usar samples ou batidas de outra pessoa e não deveria ser diferente quando se sampleia o visual de um artista.”

“S&M”, de Rihanna, um tributo impressionante aos maneirismos lascivos que acontecem em um quarto, encontrou uma bela cota de obstáculos em seu caminho antes de se tornar um sucesso. Foi censurado por uma rádio, nos Estados Unidos, rebatizada de "Come On", no Reino Unido, e o clipe dela foi banido em 11 países. Logo depois de LaChapelle ter entrado com o processo, outro fotógrafo alegou que o vídeo roubava a estética dele. Apesar da polêmica, "S&M" chegou ao número 1 na parada Billboard Hot 100 e entrou no top 5 ao redor do mundo.

“S&M”

Abaixo, relembre o clipe que gerou toda a confusão.