Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil

Rihanna mudará figurino na Malásia

País de maioria muçulmana proíbe que artistas estrangeiras usem roupas consideradas impróprias

Da redação Publicado em 06/01/2009, às 18h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail

Rihanna vai ter de deixar de lado as roupas decotadas, os shorts curtos ou qualquer outra peça que seja considerada ofensiva pelo governo da Malásia. A cantora vai se apresentar no país de maioria muçulmana no próximo dia 13 de fevereiro. A informação é da agência Associated Press.

As leis locais exigem que cantoras estrangeiras usem roupas que cubram toda pele entre os ombros e os joelhos. Quem não cumpre, paga uma multa: em 2006, os organizadores de uma apresentação das Pussycat Dolls tiveram que desembolsar US$ 3 mil dólares devido à "desobediência" das garotas, que, segundo o governo, não seguiram as regras conforme o combinado.

Razman Razali, empresário da produtora Pineapple, que levará o show ao país, disse que o empresário da cantora conhece as regras. Enquanto isso, uma seção do partido de oposição islâmico divulgou uma nota na internet afirmando que Rihanna é ainda "mais sexy e perigosa" que Avril Lavigne, que em 2008 foi acusada pelo mesmo grupo de ter uma coreografia "muito sexy".