Rita Lee revela que Fernanda Young dizia ser filha dela: 'Te deram alguma substância esquisita para você esquecer que teve filho'

A cantora também relembrou como conheceu a artista e disse que sente uma “falta louca” da amiga

Redação Publicado em 28/08/2020, às 12h13

None
Rita Lee (Foto: Reprodução / Instagram)

Rita Lee revelou que Fernanda Young costumava dizer que era filha dela. Segundo O Fuxico, o programa Saia Justa fez uma homenagem à atriz, escritora, roteirista carioca, que morreu em 2019.

Ao lado de Marisa Orth e Monica Waldvogel, Rita e Fernanda participaram da primeira formação de apresentadoras do programa da GNT, lançado em 2002. 

Rita gravou um vídeo especial para o Saia Justa, o qual também foi compartilhado nas redes sociais da emissora e da cantora. A cantora relembrou como conheceu Fernanda e contou quais foram as primeiras impressões dela sobre a amiga.

+++ LEIA MAIS: Dossiê Rita Lee: tudo sobre os 50 anos da carreira solo da Rainha do Rock Brasileiro

“Conheci a Fernandinha...eu chamava ela de Forévis, por causa do ‘Forever Young’. Eu conheci no piloto do programa Saia Justa. Eu vi aquela figura careca, menina linda, um rosto lindo, tudo lindo e bem vestida. O programa estreou, foi um sucesso. As quatro eram ótimas, Marisa, Monica, Fernanda e eu. O mais louco que acontecia era no camarim. A gente soltava a franga. Era mais engraçado que o programa."

Rita conversava “bastante” com Fernanda durante os intervalos da produção. E, certo dia, a escritora disse que era filha dela. “Um dia Fernandinha chegou assim para mim, séria e falou: ‘Você é minha mãe de verdade”, disse a cantora. 

Fernanda ainda disse: “Porque a história é o seguinte, você ficou grávida, me teve e te deram alguma substância esquisita para você esquecer que teve filho e eu fui adotada por essa mãe que eu tenho hoje”.

+++ LEIA MAIS: Rita Lee invade live do marido, faz graça e se derrete: 'Existe uma Rita antes e outra depois do Roberto'

Rita ainda contou que passou a ser chamada de Maria Helena, o nome da mãe de Fernanda. "À partir de então ela só me chamava de Maria Helena, que era o nome da mãe que teve ela, não sei se em outra vida ou agora [...] Foi uma situação que me deu vontade de ser mãe dela mesmo. Teve uma hora que eu falei: ‘Eu acho que eu sou mesmo’".

Por fim, a cantora falou que sente saudades da amiga, apesar de saber que ela está em um “lugar mais fantástico” com os anjos.

"Sinto uma falta louca. Sinto uma vontade de ouvir a gargalhada que ela dava. Sinto vontade de tê-la comigo. É um egoísmo meu porque sei que ela está num lugar mais fantástico, porque só os anjos estão nesse lugar fantástico. I Love Fernanda. The one and only”, disse a artista. 

 


+++ XAMÃ: MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO, DE NIRVANA A TUPAC