Rob Cohen, diretor de Velozes e Furiosos, é acusado de assédio sexual por Asia Argento

Atriz foi uma das primeiras a expor Harvey Weinstein

Felipe Grutter | @felipegrutter (com supervisão de Isabela Guiduci) Publicado em 25/01/2021, às 12h51

None
Rob Cohen (Foto: Getty Images / Kevin Winter / Equipe) e Asia Argento (Foto: Getty Images / Thierry Chesnot / Correspondente)

Asia Argento, atriz e cineasta italiana, acusou Rob Cohen, diretor de Velozes e Furiosos, de assédio sexual. A artista teve papel importante para expor e levar Harvey Weinstein, agressor sexual, à justiça, e foi uma das primeiras mulheres a acusá-lo publicamente. Atualmente, o diretor tem 71 anos. A informação é do Screen Rant.

Como relatado em matéria publicada na Variety, Argento teria sido agredida sexualmente por Cohen em 2002 durante as filmagens de Triplo X. Originalmente, a declaração da atriz foi dada ao Il Corriere della Sera, jornal italiano.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

"É a primeira vez que falo sobre Cohen. Ele abusou de mim, me fazendo beber GHB [sedativo que pode produzir estados de euforia, inconsciência e amnésia], ele tinha uma garrafa. Na época, eu realmente não sabia o que era. Acordei de manhã nua na cama dele."

Esta não foi a primeira vez na qual o diretor foi acusado de assédio. Em 2019, ele foi publicamente acusado de agredir sexualmente uma mulher, de modo semelhante ao relato de Asia Argento. A suposta vítima, referida como Jane na mídia, permaneceu anônima mesmo após acusar Rob Cohen.

+++LEIA MAIS: O que Neil Patrick Harris pensa de atores heterossexuais em papéis LGBTQIA+?

O diretor também foi acusado pela filha, Valkyrie Weather, de agressão sexual. Weather, mulher trans, também afirmou que o pai a teria levado para encontros com profissionais do sexo quando era adolescente, em uma suposta tentativa de "heterossexualizá-la."


+++ PÉRICLES | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL