Robert De Niro acusa Trump de ‘não ligar’ para mortes de coronavírus: ‘Só quer ser reeleito’

Não é a primeira vez que o astro critica o presidente dos Estados Unidos

Redação Publicado em 13/05/2020, às 17h37

None
Robert De Niro (Foto:Sthanlee B. Mirador/Sipa USA)

Robert De Niro, mais uma vez, criticou Donald Trump. Dessa vez em uma entrevista à BBC Newsnight publicada nesta terça, 12, via NME, o astro alegou que o presidente dos Estados Unidos "não se importa" com quantas pessoas morreram de coronavírus, que já ultrapassou mais de 82 mil mortes pelo COVID-19 - maior número do que qualquer outro país.

+++LEIA MAIS: Robert De Niro queria jogar um "saco de merda" na cara de Donald Trump: "ele merece ser humilhado"

Na entrevista, descreveu o governo de Trump como "shakespeariano" e disse que "você tem um lunático dizendo coisas que as pessoas estão tentando dançar". De Niro acrescentou: "É terrível, é terrível. Ele quer ser reeleito, mas nem se importa com quantas pessoas morrem."

A apresentadora questionou sobre os seguidores do presidente, Robert De Niro disse: "Não, ele não se importa com essas pessoas. E as pessoas com quem ele finge se importar são as pessoas com quem mais desdém, porque ele pode se importar menos com elas. Eles podem gostar de se dizer ou se iludir, mas ele não se importa com eles."

+++LEIA MAIS: Petra Costa vai a evento pré-Oscar, posta foto com Brad Pitt e tieta Robert DeNiro; veja fotos

"Tem sido muito estranho porque Nova York é como uma cidade fantasma, é surreal que você vê outras partes do mundo, outras grandes cidades grandes de Nova York. O mundo também está na mesma situação. É interessante, é como um filme de ficção científica, mas é real", falou sobre a situação dos Estados Unidos.


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL