Robert De Niro será rejuvenescido digitalmente no próximo filme de Martin Scorsese

The Irishman contará a história verídica do assassino de aluguel da máfia Frank Sheeran

Redação Publicado em 21/12/2016, às 14h51 - Atualizado às 15h43

Robert De Niro como Don Corleone no Poderoso Chefão 2

Ver Galeria
(2 imagens)

Após desengavetar Silence – um dos projetos mais antigos idealizados pelo diretor –, Martin Scorsese pretende tirar a poeira de outra ideia ousada que já ronda há mais de duas décadas o imaginário criativo dele. Intitulado The Irishman, o drama inspirado na vida do mafioso Frank “The Irishman” Sheeran será estrelado pelos veteranos Robert de Niro e Al Pacino, mas com um porém: ambos serão rejuvenescidos digitalmente para o longa.

Em entrevista ao site Cinema Blend, o produtor Gaston Pavlovich revelou que o filme contará com a mesma tecnologia que tornou Robert Downey Jr. mais jovem em Capitão América: Guerra Civil e que trouxe também uma série de atores da franquia de Star Wars para o recém-lançado Rogue One: Uma História Star Wars.

“É uma tecnologia extraordinária que estamos testando”, disse o produtor Gaston Pavlovich. “Não usamos próteses nem maquiagem, os atores atuam e a tecnologia permite que eles mudem de idade. Conseguimos filmá-lo em uma cena [Robert De Niro] e voltamos a quando ele tinha 20, 40 e 60 anos, então estamos ansiosos para criar isso no filme.”

“Imagine poder ver novamente De Niro em como ele estava nos dias de Poderoso Chefão - Parte II”, continuou Pavlovich “É mais ou menos assim que ele aparecerá em The Irishman.”

O filme da Paramount, cuja produção fica a cargo da Tribeca Productions (de De Niro), é baseado no livro I Heard You Paint Houses, de Charles Brandt, que narra as façanhas do assassino Frank "The Irishman" Sheeran, um ex-líder sindical acusado de envolvimento com a máfia. O roteiro do longa é de Steven Zaillian (A Lista de Schindler) e Eric Roth (O Curioso Caso de Benjamin Button), segundo informou Robert De Niro ao site Deadline.