Pulse

Robert Downey Jr. mudou o desfecho do Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato; entenda

O ator se recusou a encenar o discurso previsto para o fim de seu personagem

Redação Publicado em 30/07/2019, às 09h38

None
Tony Stark em Vingadores: Ultimato (Foto: Reprodução)

Robert Downey Jr. optou por não encenar o discurso tocante previsto para o Homem de Ferro no fim de Vingadores: Ultimato.

De acordo com o roteirista Stephen McFeely, o intérprete queria que a sua despedida da franquia fosse mais minimalista, e foi assim que ele alterou o desfecho do personagem.

“Esses atores passaram muito tempo com esses personagens", disse McFeely durante a Comic-Con de San Diego.

"[Christopher Markus] e eu estávamos muito felizes e escrevemos todos os tipos de palavras maravilhosas para Tony Stark. Robert não estava feliz em dizê-las, certo? Robert queria – e sabia disso instintivamente – que um cara que falou, falou e falou por muitos e muitos filmes te deixasse estraçalhado quando ele não falasse", explicou.

“Ele sabia disso, e não sentíamos que poderíamos entregar uma página na qual ele não falava. Então ele disse: ‘Ouça, quero fazer muito menos’ e ele estava certo”, lembrou o roteirista.

Vingadores: Ultimato marcou o fim da fase 3 do Universo Cinematográfico Marvel e a despedida do Homem de Ferro das telinhas depois de mais de dez anos.

Enquanto isso, Robert Downey Jr. tem vários projetos a caminho, incluindo uma sequência de Sherlock Holmes e o reboot de Doctor Dolittle

+++ SESSION ROLLING STONE: Francisco, El Hombre abre um diálogo sobre depressão com "Parafuso Solto :: Peso Morto"