Robert Downey Jr. explica por que não tem paciência para fazer filmes "cabeça"

Ator mais bem pago de Hollywood está em cartaz com Vingadores: Era de Ultron

Redação Publicado em 04/05/2015, às 10h04 - Atualizado às 12h40

Tony Stark (Robert Downey Jr.) tenta levantar o martelo de Thor, sem sucesso, em cena do trailer estendido de Vingadores: Era de Ultron
Reprodução / Vídeo

Robert Downey Jr. estrelou inúmeros filmes de sucesso, que arrecadam milhões e milhões em bilheteria, e deve continuar fazendo muitos outros daqui em diante. Líder da lista de atores mais bem pagos do mundo, segundo a revista Forbes, entre o meio de 2013 e o meio de 2014, o protagonista de Homem de Ferro, Sherlock Holmes e Os Vingadores não tem apreço por projetos “cabeça”.

Robert Downey Jr. lidera lista de atores mais bem pagos do ano.

"Eles são cansativos e às vezes são uma porcaria. Então, você pensa, ‘No que eu estava pensando?’”, opinou ele à Entertainment Weekly Radio sobre trabalhos alternativos como Boa Noite e Boa Sorte, dirigido por George Clooney e com o próprio Downey Jr. no elenco.

Robert Downey Jr. está na nossa lista de dez artistas que foram detidos por posse de drogas.

“Algumas vezes os pequenos filmes são aqueles que acabam exigindo mais de você. ‘Ei, cara, estamos atrasados na gravação, você acha que pode ficar durante o seu aniversário e não voltar no feriado? Aliás, sobre a equipe... você pode pagar pelas refeições deles? E falando nisso, cara, quando formos a Sundance [festival]... você pode simplesmente sentar em uma cadeira e vender o filme por seis dias seguidos para que a gente possa ganhar uns 180 mil quando ele for lançado em um cinema?'.”

Vingadores: Era de Ultron explora o lado humano dos super-heróis.

As declarações foram feitas depois de um pequeno debate entre ele e o diretor mexicano Alejandro Iñarritu, vencedor do Oscar de Melhor Diretor de 2015 por Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância). Iñarritu afirmou em entrevista que filmes de super-heróis eram um "genocídio cultural". O ator respondeu declarando que admirava o cineasta e que o fato de uma pessoa que fala espanhol usar o termo "genocídio cultural" mostra o quão brilhante ele é.

Assista:

Downey Jr. voltou às telonas do mundo todo no final de abril com Vingadores: Era de Ultron. O primeiro filme da trama, Os Vingadores, detém a terceira maior bilheteria da história, US$ 1,518 bilhão – mais de R$ 4,5 bilhões.

Nos próximos anos, o ator estará em produções grandiosas como Capitão América 3: A Guerra Civil e Sherlock Holmes 3.