Roberto Carlos é eleito a personalidade do ano pelo Grammy Latino

Brasileiro será homenageado com show em Las Vegas, no dia 18 de novembro, antes da entrega do Grammy

Redação Publicado em 16/06/2015, às 12h56 - Atualizado às 14h11

Roberto fugiu o set-list programado e executou uma versão eletrônica de "Fera Ferida".
Divulgação / Rita Marcondes

O “Rei” Roberto Carlos foi eleito pela Academia Latina da Gravação, órgão responsável pela entrega do Grammy Latino, a personalidade do ano de 2015.

Roberto Carlos, 74 anos; relembre faixas de disco histórico do Rei.

Para comemorar o feito, o cantor, quatro vezes vencedor do Grammy para a América hispânica e portuguesa e uma vez ganhador do Grammy mundial, será homenageado com um show, no dia 18 de novembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Roberto Carlos defende biografias não autorizadas e declara “grande satisfação” com decisão do STF.

A Academia promete a presença de um “elenco estelar” de artistas para o evento, que antecederá a cerimônia da 16ª premiação do Grammy Latino, que acontece no dia seguinte, também em Las Vegas. Na mesma cidade, em 2014, Roberto Carlos realizou um show que foi gravado e lançado em abril deste ano como CD e DVD.

Parte significativa da renda arrecadada na noite de gala irá para a Fundação Cultural Latin Grammy , que oferece bolsas de estudos, subvenções e programas educacionais durante todo o ano todo.

"Falar do Brasil é falar de Roberto Carlos. Seu imenso talento, paixão e dedicação à sua arte fizeram dele um dos maiores cantores e compositores da música latina. É com grande orgulho que homenageamos esse tesouro musical e estamos ansiosos por celebrar sua carreira e seu inesquecível legado", declarou Gabriel Abaroa Jr., presidente da Academia Latina da Gravação.

Ney Matogrosso esteve entre os homenageados pelo Grammy Latino na edição de 2014.

Antes do “Rei” Roberto Carlos, Caetano Veloso, Miguel Bosé, Plácido Domingo, Juan Luis Guerra, Carlos Santana e Shakira, entre outros, já haviam recebido essa mesma honraria. No ano passado, Ney Matogrosso recebeu troféu do Grammy pelo conjunto da obra.