Rock in Rio apresenta ações do projeto Por Um Mundo Melhor 2011

A partir da doação de instrumentos musicais, será criada oficina de luteria, dez salas de músicas em escolas públicas do Rio de Janeiro, entre outras ações

Da redação Publicado em 08/06/2011, às 16h19

Red Hot Chili Peppers é uma das atrações confirmadas para o Rock in Rio 2011
AP

O projeto social Por Um Mundo Melhor, realizado pela organização do Rock in Rio, completa dez anos de existência e, nesta terça, 7, durante entrevista coletiva de imprensa, realizada na Cidade de Deus, teve anunciadas algumas ações.

A sociedade será mobilizada para a doação de instrumentos musicais, que terá como consequência a criação de uma oficina de luteria (prática de confecção e manutenção de instrumentos musicais), montagem de dez salas de músicas em escolas públicas do Rio de Janeiro e a formação de 30 professores de música. Também faz parte do projeto a transmissão ao vivo do festival nas comunidades Batan e Cidade de Deus. O concurso "Um Ingresso por um Mundo Melhor", lançado dia 5 de maio, dará ingressos a estudantes da rede pública de ensino. Mais detalhes sobre as ações podem ser encontrados no site oficial do festival.

"O Rock in Rio desenvolve, desde 2001, ações com foco social, e temos importantes e expressivos retornos de cada uma delas. Somente na primeira edição, aqui no Brasil, formamos mais de 3.200 jovens no ensino fundamental e, com isso, demos a oportunidade para cada um ter um futuro melhor", explicou Roberta Medina, vice-presidente do evento. "Nesta edição, estamos resgatando a educação através da música, em um projeto piloto, que dará apoio na formação dos jovens. A música tem o poder de melhorar a memória dos alunos, ajudar na relação com os amigos e sociedade, auxiliar na educação como um todo e, além disso, estamos incentivando uma futura ocupação profissional."

O festival, que acontece entre 23 de setembro e 2 de outubro, terá entre as atrações internacionais Evanescence, Jay-Z, Elton John, Katy Perry, Rihanna, Stone Sour, Motörhead, Slipknot, Coheed and Cambria, Coldplay, Snow Patrol, Metallica e Red Hot Chili Peppers, que estarão espalhadas em noites temáticas dedicadas ao metal, rock, rock alternativo e pop, entre outras. Dentre as nacionais, estão Claudia Leitte, NX Zero, Capital Inicial, Sepultura, Angra, Skank, Marcelo Camelo, Céu, Arnaldo Antunes, Erasmo Carlos, Cidadão Instigado, Tulipa Ruiz, Tiê e Letieres Leite e Orkestra Rumpillez. Todas as 600 mil entradas para o Rock in Rio estão esgotadas.