Rock in Rio 2015: com Andreas Kisser, De La Tierra toca Titãs e exalta orgulho latino no festival

Supergrupo que faz “ode à América do Sul” abriu os trabalhos no palco Mundo desta sexta-feira, 25

Redação Publicado em 25/09/2015, às 20h24 - Atualizado às 20h47

Com Andreas Kisser na formação, De La Tierra tocou Titãs e exaltaou orgulho latino no palco Mundo

Ver Galeria
(2 imagens)

O supergrupo montado como “ode à América do Sul”, De La Tierra, foi o primeiro a tocar no palco Mundo – o maior – no quinto dia de Rock in Rio 2015. Com o guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser, como integrante, a banda mostrou as músicas do primeiro álbum, além de duas covers, uma do Titãs e outra do grupo francês Mano Negra.

Rock in Rio 2015: saiba quais são as 10 atrações internacionais imperdíveis.

Além do guitarrista brasileiro, a banda é capitaneada pelo vocalista argentino Andrés Giménez (ex-A.N.I.M.A.L.), e conta com a presença do baixista argentino Sr. Flavio (Los Fabulosos Cadillacs) e do baterista mexicano Alejandro González (Maná). Apesar da multinacionalidade da banda, a proposta do De La Tierra é fazer heavy metal com identidade latina, tanto nas letras das músicas quanto nas falas do vocalista.

“Esse é o De La Tierra, única banda latina do festival Rock in Rio”, disse Giménez – ressaltando o orgulho pelo fato –, depois de eles tocarem “Somos Uno”, “Maldita História” e “Rostros” – esta com Kisser levantando o público com solos. Em certa altura da apresentação, o argentino chegou a dizer: “Aqui tem gente do México, Venezuela, Colômbia, Argentina, Peru, Equador. Somos muitos os latino-americanos.”

Slipknot superou morte de baixista para fazer o álbum mais honesto da carreira.

O repertório do show do De La Tierra é quase inteiro tomado pelas canções do álbum homônimo, de estreia, que o grupo lançou no ano passado (apesar de já existir desde 2012). Depois de “San Asesino”, eles puxaram a cover de “Polícia”, do Titãs, que a banda paulista já havia tocado uma semana antes – inclusive com a participação de Kisser na guitarra. O baixista Sr. Flavio ainda cantou “Señor Matanza”, do Mano Negra, minutos depois.

Ainda rolou “El Chaman de Manaus” e “Reducidores de Cabeza” antes do fim com “Fuera” e alguns problemas no microfone de Giménez. O quinto dia de Rock in Rio 2015 segue com o show de Steve Vai, no palco Sunset, Bula, na Rock Street, e Mastodon, Faith No More e Slipknot encerrando a sexta-feira, 25.

Veja os shows que ainda restam no dia 25 de setembro (sexta-feira)

20h: Bula (Rock Street)

20h: Steve Vai + Camerata Florianópolis (Palco Sunset)

21h: Mastodon (Palco Mundo)

22h30: Faith No More (Palco Mundo)

23h59: Slipknot (Palco Mundo)