Rockstar divulga imagens de São Paulo usadas em pesquisa para desenvolver Max Payne 3

Game, que chega ao mercado em março, quer ser fiel aos aspectos físicos e sociais da cidade

Redação Publicado em 10/01/2012, às 11h21 - Atualizado às 11h26

Max Payne 3
Divulgação

Max Payne 3, novo game da Rockstar, mais conhecida pela série Grand Theft Auto, está previsto para março. Enquanto o jogo, que se passa em São Paulo, não chega às lojas, a empresa divulgou imagens da pesquisa que fez na cidade para compor as cenas. Veja na galeria ao lado.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

As imagens foram postadas no site da Rockstar, no primeiro de uma série de posts que revelam os bastidores do trabalho de pesquisa in loco da equipe que criou o game. A ideia é relatar como foram as viagens ao Brasil, como funcionou o “casting” de pedestres para cada nível do game e os estudos das leis municipais.

Em Max Payne 3, o detetive, ainda traumatizado com os eventos do capítulo anterior, vai para São Paulo, onde passa a trabalhar como segurança particular para uma família rica. “Mas, como se pode imaginar, em meio à volátil diferença que há em São Paulo de muita riqueza e uma pobreza profunda e desesperadora, esse novo trabalho acaba não sendo tão confortável como ele gostaria”, diz o post.

O texto ainda conta que o design do game foi meticuloso e que os departamento de desenvolvimento e pesquisa da Rockstar quiseram se assegurar de que representariam São Paulo de forma realista, destacando a cultura paulistana, a polícia local, armas, e outros elementos que garantissem a autenticidade.

O texto ainda cita filmes como Carandiru, Tropa de Elite, entre outros, como objetos de estudo para compreender como funcionam as forças policiais no Brasil.