Roger Daltrey ameaça interromper show do The Who após sentir cheiro de maconha

Vocalista alegou ser alérgico ao componente da droga; o guitarrista Pete Townshend teria aconselhado que a substância fosse absorvida pelo ânus

Redação Publicado em 22/05/2015, às 13h21 - Atualizado às 15h59

Pete Townshend e Roger Daltrey, os integrantes remanescentes do The Who
Reprodução/Facebook

Um cigarro de maconha quase encerrou uma apresentação do The Who nesta quarta-feira, 20, em Nova York. O vocalista do icônico grupo inglês de rock, Roger Daltrey, sentiu o cheiro da erva e alegou ser alérgico ao componente da droga, iniciando um entrevero no meio do show.

Relembre grandes momentos do Woodstock – como o show do The Who –, que completa 45 anos.

Daltrey chegou a dizer que deixaria o palco caso o baseado não fosse apagado - a voz dele teria sido nitidamente prejudicada neste momento do show, escreveu o jornal Newsday. “É sua escolha, não posso fazer nada a respeito. Estou dando o meu melhor”, afirmou.

Eddie Vedder, Liam Gallagher, entre outros, participam de tributo ao The Who; assista a trechos.

Incomodado com a situação, o guitarrista Pete Townshend teria aconselhado que o usuário consumisse a maconha como supositório. “Use através da sua bunda. É o jeito mais rápido”, teria completado, Daltrey. Um vídeo do episódio chegou a ser publicado na internet, mas foi removido posteriormente.

Quadrophenia: um dos 10 maiores álbuns duplos de todos os tempos.

Em entrevista à Rolling Stone EUA, o cantor falou sobre os cuidados que toma com a saúde. “Mantenho a voz para ter a minha melhor performance. Você tem que torcer para que o corpo aguente. Mas minha voz está ótima. Acho que minhas cordas vocais estão melhoras do que nunca”.

Pete Townshend e Roger Daltrey estão na nossa lista de dez grandes parcerias do rock.

O The Who viaja desde o final de março, pelos Estados Unidos, com a turnê de 50 anos da banda. Eles partirão à Europa em junho e retornam à América do Norte em setembro.