Pulse

Roger Daltrey, do The Who, conta porque Pete Townshend quebrava guitarras nos shows

“As vezes ele demorava até 10 minutos para quebrar uma guitarra, como o sacrifício de um cordeiro”, relembrou o músico

Redação Publicado em 11/03/2019, às 11h38

None
Roger Daltrey e Pete Townshend (Foto:Sipa USA via AP)

Aconteceu na última semana, em Londres, a 31ª edição do International Live Music Conference. Em uma conversa no palco, Roger Daltrey, vocalista do The Who, contou porque o colega de banda Pete Townshend fazia questão de quebrar guitarras no final dos shows.

“Sempre achei frustrante que, ao ler qualquer coisa sobre o The Who, as pessoas não conseguiam deixar de escrever sobre o Pete destruindo suas guitarras no amplificador. Eles não entendiam”, revelou.

E aproveitou para explicar: “Não era pela estética. Era por causa do som que isso fazia. As vezes ele demorava até 10 minutos para quebrar uma guitarra, como o sacrifício de um cordeiro. E ela berrava. Era uma experiência sonora incrível.”

Daltrey se lembrou também da altura que o volume disso podia chegar: “Tinha vezes que saíamos do palco com os ouvidos zumbindo, e não parava por dois dias”.

Ainda no tópico, ele falou sobre o legado musical de Townshed: “as pessoas usam muito a palavra ‘gênio’. Mas quando o assunto é música e composição, é necessário dizer que, para o rock e par a música popular, Townshend é provavelmente um dos compositores mais importantes do século 20. Dito isso, podemos afirmar que as músicas dele são geniais.”