Roger Daltrey escolhe as 5 melhores músicas do The Who

O músico também comentou sobre as preferências

Redação Publicado em 03/07/2020, às 20h32

None
Roger Daltrey (Foto: Robb Cohen/ AP Images)

Em entrevista de 2002 ao Uncut Magazine, Roger Daltrey, do The Who, revelou as músicas favoritas dele da banda. Como relembra o Far Out Magazine, o artista também comentou sobre as preferências.

Por isso, fizemos uma lista com as 5 melhores faixas do grupo de rock, todas escolhidas e comentadas por Roger Daltrey. Confira:


"I Can’t Explain" 

"Bem, é essa coisa - eu tenho um pressentimento, não consigo explicar - é rock and roll. Eu estava muito orgulhoso desse disco. Éramos nós, sabe - era uma música original de Pete e capturava a energia e a testosterona que tínhamos naqueles dias. Ainda faz", comentou Daltrey.

O músico também relembrou como foi a gravação da faixa. “Quando aparecemos para gravar, havia outro guitarrista no estúdio - Jimmy Page. E ele trouxe três vocalistas de apoio, o que foi outro choque. Ele deve ter discutido isso com a nossa gerência, mas não conosco, então fomos surpreendidos no começo, pensando: 'O que diabos está acontecendo aqui?' Mas era o jeito dele de gravar.”

A banda ficou no estúdio por um pouco menos de duas horas. "De certa forma foi um privilégio ter Jimmy Page em um de nossos discos... ele não é um guitarrista ruim, sabia?".

+++ LEIA MAIS: Há 56 anos, The Who reinventava o rock para o mundo com lançamento de 'I Can't Explain’


"My Generation"

Daltrey enfatiza como ele gagueja em algumas palavras e como ele controla "muito melhor agora, mas não naqueles dias". No dia da gravação, o empresário da banda, Kit Lambert, falou para o artista gaguejar na música. Como lembra Roger, Lambert disse: "Gagueje as palavras - faz parecer que você está pilhado".

O artista relembra com carinho da música: "É uma ótima gravação, realmente é”.

+++ LEIA MAIS: Guitarrista do The Who agradeceu a Deus quando Keith Moon e John Entwistle morreram


"I Can See For Miles"

"I Can See For Miles" mostrou o lado experimental e psicodélico da banda. "Eu acho que é um dos singles mais bem produzidos que já fizemos. Passamos literalmente um dia inteiro colocando camadas e camadas de harmonias na seção "miles and miles". Eu sempre amei essa música e você ouve a bateria, é extraordinária - como um motor a vapor”, disse Daltrey.

+++ LEIA MAIS: Pete Townshend pede desculpas por ter dito que agradeceu a Deus quando Keith Moon e John Entwistle morreram


"Pinball Wizard"

Daltrey citou a música como a melhor produção de Kit Lambert. "A produção de Kit em 'Pinball Wizard' é absolutamente tremenda."

O artista continua: “Toda a montagem de sons que ele conseguiu ao emular a máquina de pinball é extraordinária. Eu não acho que ele tenha tido reconhecimento o suficiente pelo trabalho. Não necessariamente o som que ele conseguiu, mas os arranjos, ideias, harmonias e as estruturas”.

+++ LEIA MAIS: The Who: Pete Townshend queria deixar a banda desde o primeiro dia: "Aquilo não era arte"


"You Better, You Bet"

Na entrevista ao Uncut Magazine, Roger descreveu a canção: “Uma música maravilhosa, maravilhosa. A maneira como o vocal salta, sempre me lembra Elvis. Mas foi um momento difícil, sim... Eu odeio falar sobre isso, mas, em retrospecto, fizemos a escolha errada dos bateristas. Kenney Jones - não me entenda mal, um baterista fantástico - mas ele jogou completamente fora a química da banda. Simplesmente não funcionou; faltava a vela de ignição do motor".

Ele completa: "De certa forma, eu gostaria de voltar e regravar muitas músicas, mas 'You Better, You Bet' ainda é uma das minhas músicas favoritas entre todas".

+++LEIA MAIS: Como The Who inspirou os Beatles a gravar Helter Skelter?


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO