Roger Waters pede que Alicia Keys cancele show em Israel

Ao lado de Alice Walker, ex-integrante do Pink Floyd quer que a cantora se junte ao boicote cultural ao país

Redação Publicado em 31/05/2013, às 13h03 - Atualizado às 13h09

Alicia Keys se emocionou ao cantar o hino nacional dos Estados Unidos antes da final do campeonato de futebol americano
AP

Roger Waters, ex-integrante do Pink Floyd, e Alice Walker, autora do livro A Cor Púrpura, se uniram para pedir que Alicia Keys cancele um show em Tel Aviv, Israel, marcado para 4 de julho. A informação é do jornal britânico The Guardian.

Alice escreveu no site da Campaign for the Academic & Cultural Boycott of Israel (Campanha pelo Boicote Acadêmico e Cultural a Israel). “Iria lamentar muito de saber que você está se colocando em perigo (perigo de alma) ao se apresentar em um país que promove a segregação e que tem sido boicotado por diversos artistas conscientes”, afirmou a escritora. “Um boicote cultural a Israel e às instituições israelenses (não aos indivíduos) é a única opção a artistas que não conseguem suportar o dano injusto que Israel causa diariamente ao povo da Palestina – cujo maior ‘crime’ é existir na terra deles, terra que Israel quer controlar.”

Já Rogers pede que Alicia “se junte à resistência e se recuse a dar legitimidade às políticas israelenses da ocupação ilegal do território do povo da Palestina”.

Diversos outros artistas aderiram ao boicote anteriormente, entre eles Elvis Costello e Santana, mas outros muitos continuaram a se apresentar no território de Israel, entre eles Paul McCartney e Madonna, que abriu a última turnê dela, MDNA, em Tel Aviv.

Alicia Keys está na estrada com a turnê Girl on Fire, que passará pelo Brasil em setembro, no festival Rock in Rio.