Roland Emmerich fala sobre Independence Day 2 e 3

Especializado em títulos apocalípticos, como o recém-lançado 2012, diretor quer continuação dupla para o filme de 1996

Da redação Publicado em 14/11/2009, às 11h43

Roland Emmerich diz fará, "um dia", duas sequências para Independence Day

Ver Galeria
(2 imagens)

O fim do mundo, pelo visto, é mesmo especialidade de Roland Emmerich: o diretor, cujo 2012 chegou aos cinemas brasileiros na sexta, 13 (confira resenha do filme aqui, fala agora sobre uma sequência para Independence Day, seu primeiro vislumbre apocalíptico para a Terra, de 1996.

Emmerich também dirigiu o igualmente "salve-se quem puder" O Dia Depois de Amanhã, além de pôr nas telonas monstrengos literalmente arrasa-quarteirões como Godzilla, no filme de 1998). Para o futuro, o plano é trazer de volta a parceria entre Will Smith e Bill Pullman, que interpretaram, respectivamente, um soldado e o presidente dos EUA em Independence Day. E, para dar conta de uma nova invasão alienígena na Terra, o cineasta prevê não apenas um, mas dois novos filmes.

Os planos de deslanchar a franquia sequer entraram em estágio de pré-produção, mas Emmerich já deu as linhas gerais do enredo. A história se passará alguns anos após os acontecimentos de 1996, quando discos voadores gigantescos se posicionam em pontos estratégicos de nosso planeta e começam uma apocalíptica sequência de destruição. O cineasta não entrou em detalhes, mas já disse descartar a possibilidade de deslocar personagens para um planeta alienígena. "É sempre sobre a Terra, e a Terra sendo invadida", afirmou.

Esticar a narrativa para dois filmes, Independence Day 2 e 3, permitiria a criação "de um arco maior" para desenvolver a saga, segundo Emmerich. Mas ele não tem previsão de começar a trabalhar no projeto: "Um dia o faremos".