Rolling Stones: Quando Charlie Watts conheceu Neil Peart, do Rush - e não foi reconhecido [FLASHBACK]

Os bateristas Charlie Watts, dos Rolling Stones, e Neil Peart, do Rush, protagonizaram um momento divertido quando se conheceram

Itaici Brunetti Publicado em 26/08/2021, às 11h48

None
Neil Peart e Charlie Watts (Foto: reprodução/vídeo)

Em 2003, dois ícones da música se conheceram: os bateristas Charlie Watts, da banda Rolling Stones, e Neil Peart, do Rush. Os dois se encontraram pela primeira vez no backstage de um festival em Toronto, Canadá, porém, Watts não foi reconhecido logo de início. 

O momento aconteceu durante o festival Toronto Rocks, evento beneficente que além de ter Rolling Stones e Rush no lineup, contou com AC/DC, Justin Timberlake, The Guess Who, The Flaming Lips e mais. O público foi de cerca de 400 mil pessoas. 

+++LEIA MAIS: Pink Floyd: Nick Mason escreve carta para Charlie Watts, dos Rolling Stones: ‘O mais subestimado dos grandes bateristas de rock’

Sobe encontrar Charlie Watts, um de seus grandes ídolos no instrumento, e não reconhecê-lo, Neil Peart detalhou em sua biografia Neil Peart: Música para Viagem: "Um homem baixo e mais velho se aproximou de mim, estendendo a mão e dizendo algo que eu não conseguia ouvir."

O eterno baterista do Rush prosseguiu: "Peguei um dos meus monitores de ouvido e disse a ele: ‘Desculpe, não pude ouvi-lo'. Ele me falou novamente, sorrindo: 'Olá, sou Charlie Watts.'"

Surpreso, Neil Peart apertou a mão do baterista dos Rolling Stones, que devolveu: "Vocês vão tocar em breve? Vou vigiar você no palco." Nisso, o instrumentista do Rush, mesmo com sua exímia habilidade nas baquetas, se sentiu pressionado pelo ídolo, mas não se abateu e subiu ao palco confiante. 

+++LEIA MAIS: Para relembrar Charlie Watts: As 10 melhores músicas dos Rolling Stones [LISTA]

"Não havia tempo para eu pensar quando assisti Charlie Watts e os Rolling Stones no programa de Ed Sullivan quando eu tinha 12 anos, curtindo 'Satisfaction', ou assistindo a Gimme Shelter no cinema em Londres. Ou mesmo ouvindo o lindo álbum solo de Charlie, Warm and Tender, tantas vezes tarde da noite em Quebec, ou qualquer uma das outras milhões de vezes em que Watts e sua banda fizeram parte da minha vida," escreveu Peart

Geddy Lee, baixista e vocalista do Rush, também relembrou o encontro: "Nunca esquecerei aquele momento antes de entrarmos no palco, quando Charlie Watts veio apertar a mão de Neil Peart (no pior momento possível) e ver o seu rosto meio que dizendo 'Quem é esse velho?'. Meu Deus, é o Charlie Watts."

+++LEIA MAIS: Os bastidores de Exile on Main St., obra-prima dos Rolling Stones [ARQUIVO RS]

Charlie Watts morreu em 24 de agosto de 2021, aos 80 anos de idade, após luta contra o câncer. O baterista entrou nos Rolling Stones em 1963 e permaneceu no posto até seu falecimento. 

As informações são do Ultimate Classic Rock. 


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!