Rolling Stones voltam à ativa após a morte da namorada de Mick Jagger; ouça a versão ao vivo de “Jumpin' Jack Flash”

Banda adiou os shows que faria na Oceania em março deste ano depois do suicídio da estilista L’Wren Scott

Rolling Stone EUA Publicado em 27/05/2014, às 11h10 - Atualizado às 19h33

Rolling Stones
Shizuo Kambayashi/AP

Os Rolling Stones voltaram a fazer shows após o período de luto pela morte de L’Wren Scott, namorada de Mick Jagger, em março. O grupo tocou pela primeira vez após o ocorrido na noite desta segunda-feira, 26, no Telenor Arena, localizado próximo a Oslo, na Noruega. Jagger não mencionou L’Wren durante a apresentação.

Vídeos raros mostram os Rolling Stones na década de 1960.

Os fãs tiveram a oportunidade de escolher uma música do repertório da banda antes do show, mas Jagger explicou que a favorita havia sido “Take on Me”, do a-ha, muito aguda para ele cantar. Os Stones acabaram, então, tocando “Let’s Spend the Night Together” pela primeira vez desde 2007.

Descubra qual é a posição de Keith Richards na nossa lista dos 100 maiores guitarristas de todos os tempos.

L’Wren Scott, namorada de Jagger desde 2001, foi encontrada morte no apartamento onde morava, na cidade de Nova York, em março deste ano. “Ainda estou lutando para entender porque o meu amor e melhor amiga poderia encerrar a vida dela desta forma trágica”, escreveu Jagger em um comunicado. A banda adiou sete datas marcadas da turnê que faria pela Austrália e Nova Zelândia para que o vocalista pudesse viajar de volta a Nova York. Os shows foram remarcados para outubro e novembro.

“Eu nunca vou esquecê-la”, diz Mick Jagger sobre a namorada L'Wren Scott, encontrada morta em março.

Em maio, foi organizado um memorial para homenagear a estilista em Nova York. Além de Jagger, Sarah Jessica Parker e Martin Scorsese foram alguns dos presentes. O vocalista dos Stones cantou “Just Like a Woman”, do Bob Dylan, em homenagem.

Assista aos Rolling Stones tocando “Jumpin’ Jack Flash” na Noruega: