Roteirista de De Volta Para o Futuro odeia uma das cenas mais amadas do filme

Com efeitos especiais dos anos 1980, os filmes já não eram lá tão bons - mas, se mal feitos, eram ainda piores

Redação Publicado em 24/09/2020, às 12h50

None
Michael J. Fox e Christopher Lloyd em De Volta para O Futuro (Foto: Reprodução)

Bob Gale, roteirista de De Volta Para o Futuro, deu uma entrevista ao ComicBook e revelou que tem uma cena no primeiro filme da trilogia que ele simplesmente não consegue engolir: os efeitos especiais são ruins demais!

“Nós corríamos contra o tempo, então, não conseguíamos fazer efeitos visuais perfeitos. Na cena de 'Johnny B. Goode', quando Marty McFly começa a ser apagado da existência, olha para a própria mão, e então, simplesmente aparece um buraco nela. Não era para ser daquele jeito!”

+++ LEIA MAIS: De Volta Para o Futuro previu 11 de setembro? Teoria (maluca) indica que sim

A cena em questão mostra McFly tocando no baile de formatura enquanto começa a desaparecer porque o futuro dos pais está mudando. Mas não foi da maneira que o roteirista de De Volta Para o Futuro imaginou:

“Quer dizer, por que aquilo apareceria ali? Mas infelizmente, era uma luta contra o tempo. A [produtora] não teria tempo suficiente para refazer a cena de um jeito satisfatório. Com certeza é algo que me deixou constrangido, e nunca consegui me recuperar totalmente dela!”

+++ LEIA MAIS: Inicialmente, a máquina do tempo de De Volta Para o Futuro seria movida a refrigerante

Assista à cena em De Volta Para o Futuro:


+++ MANU GAVASSI: 'SE A MÚSICA SÓ FOR UMA FÓRMULA, É VAZIA E NÃO EMOCIONA' | ENTREVISTA ROLLING STONE