Roteirista de De Volta para o Futuro II diz que vilão do filme foi inspirado em Donald Trump

Trilogia voltou a ganhar destaque com a comemoração do 21 de outubro de 2015, data no futuro para a qual o protagonista Marty McFly viaja

Redação Publicado em 24/10/2015, às 13h24 - Atualizado em 26/10/2015, às 20h27

Ator Thomas F. Wilson como Biff Tannen em De Volta Para o Futuro 2

Ver Galeria
(4 imagens)

Biff Tannen, o vilão de De Volta para o Futuro II, interpretado por Thomas F. Wilson, foi inspirado em um famoso personagem norte-americano, hoje em mais evidência do que nunca: o bilionário Donald Trump, postulante a candidatura à presidência dos Estados Unidos pelo partido republicano.

Dez viagens no tempo: de Harry Potter a De Volta para o Futuro.

A informação foi revelada por Bob Gale, roteirista dos três filmes da trilogia lançada entre 1985 e 1990. “Pensamos nisso quando fizemos o filme!”, revelou Gale ao ser perguntado pelo jornal The Daily Beast sobre a coincidência entre as figuras.

Veja 13 itens colecionáveis para apaixonados por De Volta Para o Futuro.

Em De Volta para o Futuro II, o protagonista Marty McFly (Michael J. Fox) viaja para frente no tempo e encontra Tannen como um homem de negócios de sucesso. O magnata abre um cassino e usa seu poder econômico para influenciar o meio político.

“Vendo o filme, há uma cena em que Marty discute com Biff em seu escritório e tem uma foto gigante de Biff na parede, atrás dele. Não tem um determinado momento em que ele fica de pé e faz a exatamente a mesma pose do quadro? Então”, prossegue o roteirista a respeito das similaridades.

Na última quarta-feira, 21, a trilogia foi celebrada no mundo inteiro. Exatamente em um 21 de outubro de 2015 McFly chega ao futuro no segundo filme da saga. A escolha de Trump como inspiração para o vilão pode ser considerada mais um acerto de De Volta para o Futuro II em suas previsões sobre nossos tempos.