Roteirista precisou explicar ausência de Rose Tico em Star Wars: A Ascensão Skywalker depois de revolta nas redes

Personagem vivida pela atriz Kelly Marie Tran tem pouco mais de 1 minuto de tela no último filme da Saga Skywalker

Redação Publicado em 01/01/2020, às 18h00

None
Rose Tico (Kelly Marie Tran), em O Último Jedi (Foto: Divulgação)

O roteirista Chris Terrio, responsável ao lado do diretor J.J. Abrams pela história de Star Wars: Ascensão Skywalker, explicou no Awards Daily os motivos pelos quais a personagem Rose Tico (Kelly Marie Tran), tão importante no filme anterior, quase não aparece no último longa da Saga Skywalker.

+++ REVIEW: Star Wars: A Ascensão Skywalker é assombrado pelos fantasmas de Luke, Leia, Han Solo e pelo medo dos próprios fãs 

Segundo Terrio, isso aconteceu porque no roteiro original Rose teria um papel importante ao lado da General Leia, personagem interpretada por Carrie Fischer, que morreu em 2016.

+++LEIA MAIS: Criadores de Game of Thrones desistem de acordo por trilogia de Star Wars; entenda

"Antes de tudo, eu e J.J. amamos Kelly Marie Tran. Uma das razões pelas quais Rose tem menos cenas do que a gente gostaria foi por conta da dificuldade de usar as imagens da Carrie [Fisher] da forma como gostaríamos", contou o roteirista.

A revolta do público com a ausência da personagem interpretada por Kelly Marie Tran foi tamanha que a hashtag #RoseTicoDeservedBetter foi parar entre trending topics do Twitter mundial.

+++LEIA MAIS: Star Wars: os 11 melhores personagens da franquia [LISTA]

No total, a personagem aparece na tela por pouco mais de 1 minuto, em cenas espalhadas ao longo do filme.

De qualquer forma Star Wars: A Ascensão Skywalker enfrentou críticas duras e o filme teve uma estreia abaixo do esperado.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'