Roteiro de Vingadores: Ultimato mostra participação especial de grande vilão do MCU - que foi cortado do filme; entenda

O script continha uma cena na qual apareceria o vilão interdimensional Dormammu

Redação Publicado em 16/12/2019, às 13h40

None
Doutor Estranho (Foto: Reprodução/ Marvel)

Vingadores: Ultimato tem diversas aparições de personagens de vários filmes do MCU - porém, um outro grande vilão, o senhor da dimensão das trevas Dormammu, ficou de fora da versão final, como indica o roteiro do filme compartilhado pelos escritores Christopher Markus e Stephen McFeely.

O monstro apareceria enquanto Hulk conversa com A Anciã na viagem no tempo para 2012. No script, a personagem de Tilda Swinton diz:

“Agora, a sua linha do tempo certamente se beneficiaria com a joia. Já a minha seria afetada… Definitivamente, para pior.

  • A ANCIÃ FAZ UM GESTO. A CÂMERA DÁ ZOOM EM UM PORTAL ESCURO…
  • [DENTRO DO PORTAL] CENTENAS DE PESSOAS CORREM ENQUANTO A CÂMERA PASSA POR UMA RUA MOVIMENTADA, QUE PARA MOSTRANDO O SANTUÁRIO DE HONG KONG, DESTRUÍDO.

“Nessa nova bifurcação da realidade, sem a nossa maior arma contra as forças das trevas, o nosso mundo seria desolado…”

  • A CÂMERA SOBE PARA MOSTRAR DORMAMMU NOS CÉUS. ELE ABRE A BOCA… E A CENA VOLTA PARA O TELHADO DO SANTUÁRIO DE NOVA YORK

+++LEIA MAIS: Marvel revela primeira super-heroína transgênero em série do Disney+

A cena é uma alusão ao que teria acontecido em Doutor Estranho caso o personagem de Benedict Cumberbatch não tivesse a joia do infinito. Também mostra a antecedência com a qual a Anciã previu a própria morte.

Porém, o momento foi completamente cortado do filme, pois não há planos para o retorno do Dormammu aos cinemas e isso poderia prejudicar o entendimento de quem não assistiu ou não se lembrava de Doutor Estranho.

Dormammu é o antagonista deDoutor Estranho (2016), e foi derrotado graças ao poder do Olho de Agamotto (que na verdade era a joia do infinito do tempo) combinado à engenhosidade de Stephen Strange.


+++ FRANCISCO EL HOMBRE SOBRE RASGACABEZA: 'É UM DISCO INDIGESTO, TOCA EM PONTOS DOLORIDOS E ÍNTIMOS'