Roubo de HQ rara que pertencia a Nicolas Cage será contado em filme

Quadrinhos de 1938 do Super-Homem foram levados da casa dele há 12 anos; curiosamente, Cage será interpretado por outro ator na produção

Redação Publicado em 09/03/2012, às 12h14 - Atualizado às 12h16

Nicolas Cage atuará em Black Butterfly
Foto: AP

O estúdio Lionsgate transformará um caso de polícia real de Hollywood em filme. Em 2000, um exemplar raríssimo da primeira história em que aparece o Super-Homem, de 1938, foi roubado da casa de Nicolas Cage. As informações são do site da revista The Hollywood Reporter.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Curiosamente, Cage não interpretará ele mesmo na produção. O foco da história será no grupo de fãs de HQs que planejam o roubo.

Na vida real, o exemplar foi recuperado no ano passado, quando foi encontrado por acaso em um armazém no sul da Califórnia. Ele estava em um contêiner e quando uma nova empresa adquiriu o local, encontrou os quadrinhos ali dentro.

No fim, eles nem voltaram para as mãos de Cage: a raridade estava coberta por uma apólice em caso de roubo e a seguradora ficou com ela. Um leilão realizado em novembro do ano passado vendeu o título por US$ 2,1 milhões.