Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Quebrou o silêncio

Russell Brand se pronuncia pela primeira vez após acusações de abuso sexual

Ao todo, quatro mulheres acusam Russell Brand de crimes que supostamente aconteceram entre 2006 e 2013

Redação Publicado em 23/09/2023, às 12h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Russell Brand (Foto: Amy Sussman/Getty Images)
Russell Brand (Foto: Amy Sussman/Getty Images)

Conhecido por seus papéis em filmes como Ressaca do Amor (2008) e O Pior Trabalho do Mundo (2010), e também pelo seu casamento com Katy Perry, entre 2010 e 2012, o comediante Russell Brand se pronunciou pela primeira vez na noite da última sexta-feira (22) após denúncias de agressão sexual.

Em vídeo publicado nas suas redes oficiais, o artista agradeceu o apoio daqueles que "questionaram as informações", mas fez críticas ao que chamou de censura do governo britânico, por ter tido seu canal no YouTube desmonetizado. 

+++ LEIA MAIS: Russell Brand é acusado de estupro, assédio sexual e abuso emocional; ator nega

Embora ele não tenha abordado diretamente as alegações sexuais, Brand disse que "obviamente, essa não tem sido a melhor das semanas". Assista ao vídeo na íntegra abaixo:

Desde que as alegações chegaram à imprensa, seu canal de YouTube foi desmonetizado, e seus especiais e programas exibidos pela BBC e Channel 4 foram removidos de ambas as plataformas. Além disso, sua nova turnê de comédia ao vivo também foi cancelada.

Acusações 

Quatro mulheres acusaram Russell Brand foi acusado de estupro, agressão sexual e abuso emocional, segundo informações do The Sunday Times. As alegações em questão foram feitas por quatro mulheres e são de acontecimentos que teriam ocorrido entre 2006 e 2013. Na época, ele era apresentador da BBC Radio 2 e do Channel 4.

+++LEIA MAIS: Russell Brand fala sobre 'período caótico' com Katy Perry: 'Ela é incrível'

Uma das supostas vítimas alegou como o artista a estuprou na casa dele de Los Angeles. No mesmo dia, ela teria sido tratada em um centro de crise de estupro.

Outra mulher relatou como Brand, na época com 30 anos, a agrediu quando ela tinha 16 anos, durante um relacionamento emocionalmente abusivo e controlador. Além disso, o comediante teria, inclusive, removido o preservativo durante um encontro sexual, sem o seu consentimento.

Já outra mulher disse que foi agredida sexualmente em Los Angeles - e teria sido ameaçada de receber medidas caso falasse sobre o caso com alguém. A última suposta vítima também relatou agressão sexual, assim como abuso físico e emocional.

+++ LEIA MAIS: Ex-namoradas teriam 'avisado' sobre conduta de Russell Brand, acusado de estupro; 'Ele é completamente louco'

Na época, Brand refutou as denúncias antes mesmo de elas serem publicadas na mídia, dizendo que, embora tenha falado anteriormente sobre um “tempo de promiscuidade” em sua vida, os encontros naquela época foram “sempre consensuais”.