Sabah, ícone do mundo árabe, morre aos 87 anos

Cantora gravou mais de 50 discos e atuou em 100 filmes

Redação Publicado em 26/11/2014, às 17h27 - Atualizado às 18h05

A cantora árabe Sabah
AP

Sabah, cantora e atriz libanesa, morreu nesta quarta-feira, 26, aos 87 anos. Considerada um ícone do mundo árabe, a diva estava internada em um hospital de Beirute. As informações são da agência France Presse.

Jeanette Gergi Feghal nasceu no ano de 1927 no pequeno vilarejo de Bdadoun e começou a cantar em 1940. A estrela lançou aproximadamente 50 álbuns e gravou mais de 3 mil canções. Nas telonas, ela participou de produções no Egito e atuou em quase 100 filmes.

A libanesa ficou muito conhecida nos Estados Unidos por conta de participações em programas de televisão e shows. A vida sentimental dela, com inúmeros casamentos e divórcios, sempre foi um prato cheio para a mídia.