Rolling Stone Brasil
Busca
Facebook Rolling Stone BrasilTwitter Rolling Stone BrasilInstagram Rolling Stone BrasilSpotify Rolling Stone BrasilYoutube Rolling Stone BrasilTiktok Rolling Stone Brasil

Saem indicados ao Urso de Ouro

Edição nº 59 do Festival de Berlim traz o brasileiro José Padilha novamente às telas, mas sem chance de premiação

Da redação Publicado em 05/02/2009, às 17h14

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail

Foi divulgada nesta quarta-feira, 4, a lista com os filmes que concorrem ao 59º Urso de Ouro. O diretor brasileiro José Padilha leva Garapa à apreciação dos alemães, mas ao contrário do que aconteceu com Tropa de Elite, não tem chances de levar o prêmio para casa.

Garapa fala sobre a fome no Brasil, e, ao lado de Vingança, de Paulo Pons, forma a dupla de filmes nacionais em Berlim.

Segundo Dieter Kosslick, organizador do festival, os 18 filmes que concorrem ao Urso de Ouro têm em comum o fato de abordarem os efeitos da globalização em vidas particulares.

Representando o cinema sul-americano estão o uruguaio Gigante, dirigido pelo argentino Adrián Biniez, e La Teta Asustada, da peruana Claudia Llosa.

A seleção de indicados agrupa tanto veteranos consagrados, como o britânico Stephen Frears e o polonês Andrzej Wajda, como estreantes em longa-metragem, representados pelo também britânico Peter Strickland e o israelense Oren Moverman.

Além de Tropa de Elite, o cinema brasileiro conquistou um Urso de Ouro com Central do Brasil, em 1998. A entrega do prêmio acontece no dia 14 deste mês.

Veja abaixo a lista de indicados:

About Elly, de Asghar Farhadi (Irã)

Chéri, de Stephen Frears (Inglaterra/Alemanha/França)

Forever Enthralled, de Chen Kaige (China)

Gigante, de Adrián Biniez (Uruguai/Argentina/Alemanha)

Happy Tears, de Mitchell Lichtentein (EUA)

In the Electric Mist, de Bertrand Tavernier (França/EUA)

Katalin Varga, de Peter Strickland (Romênia/Inglaterra/Hungria)

La Teta Asustada, de Claudia Llosa (Peru/Espanha)

Little Soldier, de Annette K. Olesen (Dinamarca)

London River, de Richard Bouchareb (Argélia/França/Inglaterra)

Mammoth, de Lukas Moodysson (Suécia/Alemanha/Dinamarca)

My One and Only, de Richard Loncraine (EUA)

Rage, de Sally Potter (Inglaterra/EUA)

Ricky, de François Ozon (França/Itália)

Sweet Rush, de Andrzej Wajda (Polônia)

Storm, de Hans-Christian Schmid (Alemanha/Dinamarca/Holanda)

The Forest for the Trees, de Maren Ade (Alemanha)

The Mesenger, de Oren Moverman (EUA)