São Paulo muda modo de contagem e registra quase 500 mortes e 20 mil novos casos de covid-19 em um dia

Agora, exames clínicos também serão contabilizados, além dos laboratoriais

Redação Publicado em 14/08/2020, às 14h11

None
Coronavírus (Foto: CC0/TMaxImumge)

A partir de quinta, 13, o estado de São Paulo segue uma nova diretriz na contagem de casos de coronavírus. Sob as novas ordens do  Ministério da Saúde, agora exames de imagens clínicos também podem comprovar COVID-19; antes, somente eram válidos resultados biológicos.

Por isso, os dados da terça mostraram 455 mortes em 24 horas. Os dados juntam o número bruto, 234, e os 221 acumulados durante a pandemia do coronavírus. O número é pouco maior do que o de quarta, 420 mortes.

+++ LEIA MAIS: Ministério da Saúde gastou somente 30% do necessário para conter pandemia de coronavírus

As novas diretrizes também alteram o número de casos totais registrados. Na quinta, foram 19.274. O total no estado, desde o início da pandemia, é 674,4 mil.

A mudança de contabilidade acontecem por uma medida no Guia de Vigilância do Ministério da Saúde, como explicou a Secretaria Estadual da Saúde (via G1). Agora, exames de imagem que mostrem sintomas típicos do covid-19 também serão contabilizados. Antes, só eram computados os diagnósticos laboratoriais - com confirmação dos anticorpos ou do vírus no corpo.

+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS