Schwarzenegger só estrelou Exterminador do Futuro porque outro nome parecia ‘legal demais’

Apesar das acusações chocantes de crimes, o ex-jogador O.J. Simpson era uma figura extremamente popular

Redação Publicado em 29/05/2020, às 09h07

None
Exterminador do Futuro (foto: reprodução/ Orion Pictures)

Hoje em dia, Arnold Schwarzenegger parece um encaixe perfeito para o robô assassino T-800da franquia Exterminador do Futuro. Mas, o fisiculturista e ator austríaco não era a primeira opção para o filme deJames Cameron. 

Conforme apurado pelo Observatório de Cinema, os executivos da Orion Pictures tinham uma sugestão bizarra em mente para o papel: o ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson.

+++LEIA MAIS: 4 filmes de Arnold Schwarzenegger que são genuinamente bons

Felizmente, James Cameron foi contra a decisão, por motivos que hoje parecem inacreditáveis: o ex-atleta era "legal demais" e não passaria de forma verossímil a imagem de uma máquina de matar. Decidiu então por Schwarzenegger devido ao porte intimidador do ator.

Porém, anos depois, a figura de Simpson mudou drasticamente. Em 1994 ele foi acusado de matar brutalmente a ex-mulher Nicole Brown e o amigo dela, Ronald Goldman, num possível crime passional que dividiu os Estados Unidos devido a tensões raciais.

+++LEIA MAIS: Como o filme Predador quase arruinou o casamento de Arnold Schwarzenegger?

Depois de uma longa investigação e julgamento, Simpson foi declarado inocente, apesar de ter várias evidências nunca contestadas e que apontam para ele.

Anos depois, em 2007, O. J. Simpson foi acusado de assalto à mão armada, sequestro e formação de quadrilha, sendo condenado por todos esses crimes e enviado à cadeia, onde ficou até 2017.


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE