Scott Pilgrim: 7 diferenças entre as HQs e o filme que se tornou cult

Até mesmo as melhores adaptações precisam tirar ou modificar alguns elementos do material fonte

Felipe Grutter | @felipegrutter Publicado em 09/08/2020, às 16h00

None
Personagens do filme de Scott Pilgrim contra o Mundo (Foto: Divulgação/Universal) e dos quadrinhos (Foto: Divulgação)

Na próxima quinta, 13, Scott Pilgrim contra o Mundo, filme dirigido por Edgar Wright que se tornou cult, completará 10 anos de existência. A produção foi umas das melhores adaptações de livros já feitas e também ganhou elogios do público e crítica, mas acabou com um desempenho decepcionante nas bilheterias. Como qualquer longa baseado em outra mídia, ocorreram algumas mudanças.

As HQs de Scott Pilgrim têm seis volumes na versão original (no Brasil são três volumes, cada um com duas partes), e seria impossível colocar tudo que Bryan Lee O'malley, autor dos quadrinhos, criou em um filme de 1h 52 minutos. Além disso, o diretor e o co-roteirista Michael Bacall também trouxe a própria versão da obra literária.

+++LEIA MAIS: Dossiê Scott Pilgrim: Como a saga de jovem apaixonado contra ex-namorados se tornou cult tão rápido?

Sem mais delongas, veja abaixo 7 diferenças - em referência aos sete ex-namorados do mal de Ramona Flowers - entre as HQs e o filme de Scott Pilgrim contra o Mundo que a Rolling Stone Brasil separou.

A partir de agora, o texto terá spoilers tanto do longa quanto das HQs.


Idade do Scott

Esse é um detalhe que não faz diferença alguma na trama das HQs ou do longa, mas vale a pena ser destacado.

No começo dos quadrinhos, Scott Pilgrim tem 23 anos. No último volume da versão brasileira, o protagonista completa 24 anos de idade. Já no filme, o personagem, interpretado por Michael Cera, tem apenas 22 anos.

Outro detalhe interessante sobre isso é ver que a linha do tempo das HQs é maior, como ela deve durar cerca de um ano. Já a adaptação para os cinemas se passa em cerca de alguns dias. 


Personagens cortados

Uma das coisas mais comuns de uma adaptação de livros para outra mídia são os personagens que acabam de fora. Com Scott Pilgrim não foi diferente.

As HQs nos introduzem à Lisa Miller, uma amiga do protagonista que tinha uma queda por ele quando estavam escola. A personagem chega a aparecer no restante da trama, mas ela não chega a ter uma importância tão grande, apenas deixa Ramona com ciúmes.

Outro personagem que nem aparece no filme é o pai da Knives, o Sr. Chau. Nos quadrinhos, ele tenta matar Scott quando descobre que a filha dele estava apaixonada por um cara branco. Ele até participa da luta do protagonista contra Roxie Richter.

O ex-sogro de Scott dá permissão para ele namorar Knives. Mal sabe ele que o personagem já havia terminado com a menina e engatado um namoro com Ramona Flowers.

+++LEIA MAIS: 10 anos de Scott Pilgrim: Elenco se reúne em vídeo para leitura do roteiro completo


Batalha contra Lucas Lee

No filme, o confronto de Scott Pilgrim contra Lucas Lee é um dos melhores momentos, com direito ao protagonista enfrentar todos os dublês do segundo ex-namorado da Ramona e é, óbvio, ver o inimigo morrer em uma explosão após descer uma escadaria imensa com manobras de skate nos corrimões da mesma.

Nas HQs, por outro lado, Scott leva aquele socão responsável por levá-lo às alturas. Depois disso, em vez de enfrentar os dublês, o protagonista conversa por muito tempo com Lee, para então fazer o desafio com o skate e derrotar o cara.


Batalha contra Todd

Scott Pilgrim dá as caras com Todd Ingram, terceiro ex-namorado do mal de Ramona, no final do primeiro volume da versão brasileira, mas só derrota ele lá para metade do livro seguinte.

O confronto deles é bastante diferente, talvez uma das maiores diferenças entre filme e HQ. Na obra de Bryan Lee O'malley, Scott não faz Todd, estrela do rock vegana, tomar café com leite de vaca. Na verdade, os dois fizeram competição numa espécie de loja de R$ 1,99.

Mas o fim da guerra entre eles não acaba aí. Em alguns momentos dos livros, o leitor vê Todd comendo alimentos não-veganos. Então, quando os dois fazem a famosa batalha de baixos e o terceiro ex-namorado fica prestes a matar Scott, a polícia vegana chega e tira os poderes da estrela do rock vegana.

Ou seja, Scott Pilgrim não precisou enganar Todd e fazê-lo beber café com leite de vaca e receber o terceiro strike e perder os poderes veganos.

+++LEIA MAIS: Scott Pilgrim: 7 detalhes perdidos que você (provavelmente) não percebeu no filme que se tornou cult


Scott se muda

No final do segundo volume, Scott Pilgrim e Wallace Wells saem daquele apartamento deles com apenas uma cama de casal.

Wallace vai morar com um namorado chamado Celular e Scott vai se mudar para a casa da namorada Ramona Flowers e diz que a ama (muito fofo, inclusive).

Já no filme, no final dele, Wallace apenas fala para o protagonista que ele vai ter que se mudar e fica por isso mesmo.


Troca de cenas que acontecem com Envy Adams e Roxie Richter

Nos quadrinhos, depois de Scott derrotar Todd Ingram, ele começa a ser perseguido por Roxie Richter, quarta ex-namorada do mal de Ramona.

O momento no qual eles se conhecem é basicamente o mesmo, Roxie aparece como uma sombra e, quando se defende, Scott soca o peito dela sem querer. No entanto, toda parte da Ramona lutando contra a ex na boate não existe nos quadrinhos, onde ela batalha contra Envy Adams.

Ramona Flowers derrota a ex-namorada quando ela toca no ponto fraco dela, a parte de trás do joelho. Quem dá essa informação para a atual de Scott é o próprio. Ele até explica para Ramona como descobriu sobre isso, mas ela pede para ele não continuar por ciúmes.

No entanto, no filme, Scott derrota Roxie no mesmo ponto fraco, a namorada dela que dá a dica. Ramona nem luta contra Envy. O diálogo de como ela descobriu é inverso ao dos quadrinhos, nos quais Scott Pilgrim pede para não saber mais da história.

Já nas HQs, o protagonista derrota Roxie com um golpe de espada, que corta a inimiga em dois pedaços.

+++LEIA MAIS: Vídeo reúne os melhores erros de gravação de Scott Pilgrim


Kyle e Ken Katayanagi

A batalha dos gêmeos Kyle e Ken Katayanagi também ficou bastante diferente nos quadrinhos. No filme, a banda de Scott enfrenta os irmãos, que são DJs em uma batalha de bandas. 

Na batalha, Kyle e Ken sumonam um dragão gigante. Para enfrentar eles, o grupo sumona uma espécie de yeti. Scott sai vitorioso na luta dos monstros e mata os gêmeos ao mesmo tempo.

Já nos quadrinhos, antes de entrarem no confronto final, Kyle e Ken Katayanagi mandam robôs enfrentarem o protagonista. Quando eles são derrotados, Scott os supera na boa e velha porradaria, nada de animais gigantescos sumonados através da música.


+++RAP, FUNK E PAGODE NA ENTREVISTA COM OROCHI: 'SOU ESSA MISTURA LOUCA'


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS