Scott Weiland nunca entendeu que foi demitido do Stone Temple Pilots, conta baixista

Robert DeLeo falou sobre a decisão de afastar o ex-vocalista do grupo

Redação Publicado em 20/07/2019, às 17h57

None
Scott Weiland (Foto: Star Shooter MediaPunchIPX)

Em uma entrevista, o baixista do Stone Temple Pilots, Robert DeLeo, falou sobre a decisão da banda de demitir Scott Weiland, que morreu em 2015. 

"Foi algo que estava acontecendo e foi uma das coisas mais difíceis que já tivemos que fazer. Não foi uma decisão fácil", explica. "Eu acho que ele realmente nunca entendeu o que aconteceu".

+++ Scott Weiland devia quase US$ 1 milhão quando morreu

Quando Weiland estava na banda, eles chegaram ao topo do sucesso na virada dos anos 1980 para a década seguinte. Em 1993, foram apontados pela MTV a banda revelação pelo single "Plush".

No início do ano, o vocalista, Jeff Gut, revelou ao WFRI que Stone Temple Pilots está gravando um novo disco em estúdio. A produção contará com a participação de outros músicos e algumas novidades especiais.

+++ SESSION ROLLING STONE: Francisco, El Hombre abre um diálogo sobre depressão com "Parafuso Solto :: Peso Morto"