Se Beber, Não Case pode ganhar sequência na Tailândia

O diretor Todd Phillips planeja levar Phil (Bradley Cooper), Stu (Ed Helms) e Alan (Zach Galifianakis) ao país asiático, afirma site

Da redação Publicado em 18/12/2009, às 22h09

A continuação do filme Se Beber, Não Case, uma das boas surpresas da recente safra de comédia norte-americana (mais de US$ 275 milhões nas bilheterias do país natal), poderá se passar na Tailândia. O site especializado CHUD ouviu de fontes que o diretor Todd Phillips pretende levar a nova aventura dos amigos ao país asiático.

À revista Entertainment Weekly, Phillips comentou sobre o roteiro da sequência de Se Beber, Não Case, projeto que toca paralelamente às filmagens da comédia Due Date, com Robert Downey Jr. Ele adianta: o filme não vai reciclar a fórmula da primeira parte. "O que as pessoas amaram em Se Beber, Não Case não foi Las Vegas ou a despedida de solteiro, mas estes três personagens", ele falou sobre os amigos Stu (Ed Helms), Phil (Bradley Cooper) e Alan (Zach Galifianakis).

No primeiro filme, o trio está em Las Vegas à procura do amigo Doug (Justin Bartha), que vai se casar em poucos dias. O quarteto foi à cidade da jogatina para a despedida de solteiro do noivo, desaparecido depois de um porre fenomenal que deu a todos amnésia temporária - aos poucos, eles vão juntando o quebra-cabeças para rememorar a noite em que se envolveram com Mike Tyson, um tigre e casório com uma stripper, entre outras bizarrices.

O roteiro de Se Beber, Não Case foi escrito por Jon Lucas e Scott Moore, que venderam o projeto para a Warner Bros por US$ 2 milhões. Phillips reescreveu a história junto a Jeremy Garelick - da dupla vieram ideias como a participação especial de Mike Tyson e o tigre no quarto do hotel.

Na sexta, 18, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou lista de 63 pré-indicados ao Oscar de melhor canção. Uma das concorrentes é "Stu's Song", interpretada pelo ator Ed Helms. Confira abaixo: