"Se não fosse atriz, seria mendiga", diz Courtney Love aos 22 anos; assista

Vídeo foi gravado em programa de Andy Warhol na MTV

Redação Publicado em 30/01/2016, às 11h50 - Atualizado às 12h51

Courtney Love
Redação

A revista Dazed and Confused tirou do baú nesta semana um vídeo bizarro que mostra Courtney Love aos 22 anos, apresentada por Debbie Harry, do Blonde, como uma revelação entre as jovens atrizes do início dos anos 1990. Na época, Love fazia pontas em filmes como Sid and Nancy, de 1986, cinebiografia de Sid Vicious, do Sex Pistols.

Rolling Stone elegeu os 100 maiores guitarristas de todos os tempos: veja a lista.

"Se eu não fosse atriz, seria moradora de rua", diz Courtney, cercada por discos em um lugar decadente. "Me inspiro muito nelas. As vejo andando pelas ruas, elas parecem tão sozinhas e românticas – você sabe que elas já passaram por muito. E isso é o importante – viver a vida", filosofa ela, que diz que também poderia ter terminado como stripper, estudante de letras ou uma poetisa ruim da década de 1960.

Inimigos da música: relembre brigas épicas entre artistas

Extinto programa da MTV americana, Andy Warhol's Fifteen Minutes apresentava entrevistas inusitadas e esquetes com músicos e subcelebridades do underground nova-iorquino. A escolha de Courtney foi feita pelo próprio Warhol depois de assistir Direto para o Inferno (1987), uma comédia indie com Grace Jones, Joe Strummer e Elvis Costello.

O programa foi gravado apenas dois anos antes de Courtney formar o Hole em 1991 e lançar Pretty on the Inside, álbum que a colocou na cena grunge e que no futuro a tornaria um dos maiores ícones femininos dos anos 1990.