Sean Penn entrevistou o traficante El Chapo enquanto ele fugia da polícia

Ao lado da atriz mexicana Kate del Castillo, Penn teve acesso ao esconderijo do chefe do cartel de Sinaloa em outubro de 2015; o criminoso foi capturado na última sexta, 8

Redação Publicado em 10/01/2016, às 13h52 - Atualizado às 15h03

Sean Penn e El Chapo
Cortesia de Sean Penn

O ator norte-americano Sean Penn, com a ajuda da atriz mexicana Kate del Castillo, conduziu uma entrevista com o traficante Joaquín Guzmán Loera, conhecido como El Chapo, meses antes da captura do criminoso na última sexta, 8. A entrevista foi cedida com exclusividade pelo artista para a Rolling Stone EUA.

Penn viajou até o esconderijo de El Chapo em uma densa floresta mexicana em outubro de 2015. As mediações para a realização da conversa só foram possíveis graças à admiração do traficante pela atriz Kate del Castillo, que em 2011 estrelou a novela La Reina del Sur, na qual interpreta uma comandante do tráfico. O programa está disponível na Netflix.

El Chapo, comandante do cartel de Sinaloa, é o maior traficante do mundo, excedendo em tamanho e lucros as operações criminosas um dia comandadas por Pablo Escobar. “Forneço mais heroína, metanfetamina, cocaína e maconha que qualquer outro no planeta. Tenho uma frota de submarinos, aviões, caminhões e barcos”, contou ele a Penn e Kate.

A relação de El Chapo com Kate começou em 2012, quando a atriz, uma das mais proeminentes no México e conhecida por não ter receio de se posicionar diante de assuntos polêmicos, postou uma mensagem endereçada a ele no Twitter. “Senhor Chapo, não seria legal se o senhor começasse a traficar com amor?”, ela escreveu. “Com curas para as doenças, comida para as crianças de rua, álcool para as casas de repouso que não permitem que os idosos passem o resto de seus dias fazendo o que bem entenderem. Imagine traficar com políticos corruptos em vez de mulheres e crianças que acabam virando escravas. Por que você não queima todas aquelas casas de prostituição em que mulheres valem menos que um maço de cigarros? Sem oferta, não há demanda. Vamos lá! Você seria o herói dos heróis. Vamos traficar com amor. Você sabe como fazer isso. A vida é um negócio e a única coisa que muda é a mercadoria. Você não concorda?”

Depois disso, um dos advogados de El Chapo entrou em contato com Kate, pedindo o endereço dela para que o traficante mandasse flores como um agradecimento pessoal pela mensagem.

Apesar de ter sido o homem mais procurado do mundo, El Chapo também é visto por muitos no México como um benfeitor: assim como Pablo Escobar na cidade colombiana de Medellín, Chapo implementou melhorias em seu estado natal, Sinaloa, incluindo comida e cuidados médicos para os mais necessitados. Porém, ele é também conhecido como um homem implacável nos negócios – diz-se que pune erros graves de seus contratados com um tiro na cabeça.

Joaquín Guzmán Loera foi preso em fevereiro de 2014, no México, depois de 13 anos procurado, quando escapou da cadeia. Em julho de 2015, ele repetiu o feito: depois de o México negar sua extradição para os Estados Unidos, El Chapo fugiu novamente, causando constrangimento para o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto.

Penn e Kate foram levados ao esconderijo do criminoso com a ajuda de um dos filhos dele, Alfredo Guzmán, de 29 anos. Depois de horas à mesa com El Chapo, em um jantar regado a doses de tequila, o chefe do cartel pediu que a entrevista formal fosse realizada dali a oito dias. Esse segundo encontro não veio a se realizar: nesse meio tempo, o cerco a El Chapo se fechou e ele começou novamente a fugir por entre as florestas mexicanas.

As respostas a parte da lista original das perguntas de Penn foram dadas em um vídeo de 17 minutos, entregue tempos depois a Kate del Castillo. Chapo fala, por exemplo, sobre a infância – conta que, de família pobre, começou a vender frutas e sucos aos 6 anos. Aos 15, ele passou a plantar maconha e papoulas (matéria-prima para o ópio, que dá origem à morfina, base para a heroína).

“Bem, é verdade que as drogas destroem. Infelizmente, onde cresci não havia e ainda não há outra maneira de se sobreviver, não há maneira de se trabalhar e ser capaz de se sustentar”, ele afirma. Você lê a matéria completa (em inglês) no site da Rolling Stone EUA.

Abaixo, um trecho de pouco mais de dois minutos do vídeo enviado por El Chapo a Kate del Castillo e Sean Penn: